30 anos de E.T

Trinta anos se passaram desde o lançamento de um dos filmes mais assistidos pelas gerações dos anos 80 e 90! Trinta anos de um filme com “baixo orçamento” se...

Trinta anos se passaram desde o lançamento de um dos filmes mais assistidos pelas gerações dos anos 80 e 90!

Trinta anos de um filme com “baixo orçamento” se comparado às super produções dos anos 2000.

Trinta anos do filme que tornou uma bicicleta no meio de condução mais mágico de todos os tempos.

E.T – O Extraterrestre foi lançado em 1982 pelo aclamado diretor Steven Spielberg, que apesar da carreira de sucessos com os filmes Jurassic Park, AI, A Lista de Schindler, O Resgate do Soldado Ryan, Indiana Jone entre outros títulos hollywodianos, o americano de Ohio ainda tira lágrimas de muitas pessoas nas sessões da tarde da rede Globo.

Drew Berrymore era uma garotinha de apenas 6 anos e não tinha ideia de que sua carreira um dia iria deslanchar; Henry Thomas, 7 anos, também não imaginava que iria contracenar com Brad Pitt em Lendas da Paixão, e juntos eles formaram os irmãos Gertie e Elliott que conquistaram o mundo com cenas dramáticas e uma trilha sonora pra lá de inesquecível criada por John Williams, compositor conhecido pelas trilhas de Star Wars, Harry Potter, Gladiador, Jurassic Park, Indiana Jones entre outros.

Outra curiosidade, que me foi apresentada pelo meu digníssimo marido nerd, é a aparição do E.T em Star Wars – A Ameaça Fantasma de 1999 do diretor George Lucas.

Eu nasci em 1984, dois anos após o lançamento de E.T e após quase 3 décadas eu ainda vibro com a história desse filme grandioso e peculiar para a mente de qualquer criança.

Caso não tenha assistido, dirija-se à locadora mais próxima de sua residência e tome vergonha na cara, ok? rs

Lady Freak

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Criticas

Ver também