A Bela e a Fera – Clássico da Disney completa 25 anos

Tudo sobre a belíssima edição de aniversário da animação A Bela e a Fera Uma coisa é certa: a sétima arte, o cinema, nos proporciona marcantes momentos. Uma animação, filme...

Tudo sobre a belíssima edição de aniversário da animação A Bela e a Fera

Uma coisa é certa: a sétima arte, o cinema, nos proporciona marcantes momentos. Uma animação, filme ou franquia completar 25 anos, e o fã poder se arrepiar com uma homenagem àquela produção, é uma sensação memorável. Para aqueles que cresceram com as animações da Disney não é diferente. Seja com a A Bela Adormecida de 1959, que teve um relançamento remasterizado em edição Diamante ao completar 50 anos em 2009 e, posteriormente, um live action em 2014, Malévola; ou A Bela e Fera de 1991, que além do Blu-Ray especial de 25 anos, chega aos cinemas em live action em 2017. O ponto é: rever o clássico e poder assistir a indústria do cinema homenagear e reviver estes longas é bom d-e-m-a-i-s!

E hoje é o dia de falar de A Bela e a Fera, uma história que se passa num vilarejo francês onde uma jovem inteligente não se encaixa na vida de interior. Seu pai, um inventor taxado de louco, acaba sendo capturado por uma Fera em um castelo assombrado não muito distante. Bela, desesperada em salvar seu pai, fica como refém do monstro para que o velhote se salve. A tal Fera, por sua vez, tem uma história de desespero por trás de tamanha agressividade e falta de controle de seus nervos: ele era um jovem príncipe que fora encantado por uma asquerosa bruxa por não tê-la acolhido em uma noite fria e ter julgado sua aparência. Como castigo por sua arrogância, Adam é transformado em uma fera que amargura a possibilidade de nunca mais ser humano há quase 21 anos.

Bela surge em sua vida como uma esperança de sua redenção e aprendizado sobre o amor. Em uma envolvente história embalada pela melhor trilha sonora de todas as animações da Disney, A Bela e a Fera ainda é considerada um dos mais marcantes lançamentos da fábrica do camundongo e, certamente, ainda tira boas lágrimas de seu público independente da idade. Para mim, que vos escrevo, esta é a melhor produção animada do estúdio. Os personagens são carismáticos, as músicas são divertidas e a mensagem de nunca julgar o próximo pela aparência ainda é uma das mais belas que um desenho pode transmitir. Esse mundo mágico, que contemplamos a partir de uma jovem de imaginação fértil e um monstro de comportamento errático, é fonte de inspiração de perseverança, amizade e lealdade. Não é a toa que sua edição de aniversário foi celebrada com um evento emocionante nos EUA, confira:

Durante um evento no Lincoln Center’s Alice Tully Hall em New York City, Angela Lansbury, a dubladora da Sra. Potts, surpreendeu a todos ao cantar o tema de A Bela e a Fera belissimamente, e detalhe: a atriz está com 90 anos. Simplesmente emocionante:

Paige O’Hara (voz da Bela), Robby Benson (voz da Fera) e Richard White (voz do Gaston) também prestigiaram a transmissão desta edição de aniversário que chegou hoje, 20 de setembro, nas lojas dos EUA. O DVD e Blu-Ray contém materiais especiais da produção da animação e um vídeo nunca divulgado das dublagens, confira um trecho:

Além disso, o clássico da Disney ainda ganhou um trailer exclusivo que foi divulgado em junho deste ano sobre o lançamento das novas edições:

Com tudo isso, a Disney precisa tomar muito cuidado com cada detalhe da adaptação live action que chega aos cinemas no ano que vem. A expectativa dos fãs, principalmente sobre as músicas, são altas. O elenco e todos os detalhes do longa você confere aqui.

Agora basta esperar estas edições home vídeo chegarem no Brasil, né?

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Notícias

Ver também