Evento global | Animais Fantásticos e Onde Habitam – Serão cinco filmes!!

Fomos convidados pela Warner Bros. para prestigiar o evento global para fãs de Animais Fantásticos e Onde Habitam e sim, vem muita novidade pela frente! O ano é 1926… E...

Fomos convidados pela Warner Bros. para prestigiar o evento global para fãs de Animais Fantásticos e Onde Habitam e sim, vem muita novidade pela frente!

O ano é 1926… E um bruxo chega em Nova York com uma mala cheia de animais fantásticos. E com uma experiência bem imersiva encontramos um cenário bacanérrimo, fizemos um feitiço e vimos em uma tela IMAX os atores principais, diretor e produtor e… SIM! A J.K. Rowling, em pessoa aparece mais no final soltando uma notícia bombástica: TEREMOS CINCO FILMES!! E sim, em caixa alta, pois esse é um momento tiete.

O evento foi realizado simultaneamente em diversas salas de cinema pelo mundo, com transmissão pela internet para o mundo todo ver. Brasil, Roma, México e EUA tiveram suas salas recheadas de fãs da saga. Tudo foi transmitido ao vivo pela internet, mas só quem esteve presente nos cinemas é que puderam conferir os 10 primeiros minutos do longa. Mas antes, vamos saber um pouco do bate-papo com os atores.

Os atores Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Alison Sudol, Dan Floger, o diretor David Yates e o produtor David Heyman estavam em Londres. Já Colin Farrell Jon Voight participaram diretamente de um estúdio em Los Angeles.  Encantados com a energia emanada dos fãs, eles responderam perguntas e dividiram com a audiência suas experiências ao participarem de um projeto assinado por J.K. Rowling.

Redmayne estava claramente “boquiaberto” com sua responsabilidade e tamanha complexidade do universo mágico de Rowling. Dan Floger, quando questionado sobre seu personagem, brincou que estava super a vontade com o papel, já que seu tataravô também era padeiro. Em seguida disse que não é preciso ter poderes para sentir a magia dentro de si,  pois que ele é um “trouxa” (ou no-maj, como os americanos falam) no filme.  Já Jon Voight falou que ele se identificou com o seu personagem por ele ser um pai amoroso, assim como ele na vida real (a Jolie deve estar necessitada de um colo depois do divórcio né?).

Katherine Waterson, descontraída durante toda transmissão, não poupou palavras ao descrever sua cena onde ela e a irmã, interpretada por Alison Sudol, cozinham juntas e que, em algum momento da filmagem, ela realmente sentiu que conseguiria mover o copo. Já Sudol era puro nervosismo, mas se mostrou ansiosa pela repercussão de seu papel já que o relacionamento das duas, como irmãs, foi um processo de criação e interpretação que certamente causará emoção na audiência. As atrizes estavam muito empolgadas em serem vistas como suas personagens.

Crédito: Freakpop

Crédito: Freakpop

Yates e Heyman também tiveram seus momentos. O diretor e produtor contaram que o trabalho no roteiro com Rowling foi quase diário, e Yates a definiu como pragmática em função do volume de informações existentes em seus livros – os que já foram levados para o cinema – e as histórias que estão por vir e que estão no processo de roteirização. Quando questionados sobre Dumbledore, eles ficaram cochichando entre eles e dizendo que não poderiam comentar nada, mas que uma pessoa, talvez, dissesse algo. Neste momento J.K.Rowling entrou no palco em Londres sendo ovacionada por seus fãs e expectadores.

A roteirista anunciou os cinco filmes e disse que há muito o que ser mostrado do universo dos mágicos e essa novidade, certamente, animou os fãs e criou uma expectativa fantástica, além de  fortalecer a esperança de rever Daniel Radcliffe como Harry Potter,  ou não. Animais Fantásticos explorará a história do mundo bruxo, coisas que vislumbramos ao longo de sete livros na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. J.K. revelou que sempre quis dar esse viés histórico, de contar mais e, quem sabe, isso que aconteça nos próximos filmes dessa nova saga (esse último é um palpite aqui). Newt não ficará muito tempo em Nova York: o próximo filme, cujo roteiro já está em produção e será assinado novamente pela escritora, irá para outra cidade. Podemos esperar mais comunidades bruxas? Se sim, isso só enriquecerá as aventuras de Newt. Porém, se focarem demais na premissa de Animais Fantásticos e onde, de fato, eles habitam, o tema pode cair no tédio… Esperamos que a capacidade de se reinventar mantenha a qualidade do que vimos em Harry Potter e o que #AF promete ser.

Como dito lá em cima, vimos os 10 primeiros minutos do filmes, que já mostram o tom que será usado. Lançando mão de elementos históricos já citados na saga de Harry Potter, os no-maj (trouxas americanos) desconfiam da existência do mundo bruxo, enquanto ataques são perpetrados pelo primeiro algoz de Alvo Dumbledore (e sua paixão, dizem “rumores”): Geraldo Grindewald, o primeiro bruxo das trevas a tentar conquistar todos os bruxos. Os primeiros minutos ajudam a contextualizar o espectador à época, já que estamos acostumados às aventuras de Harry, Rony e Hermione em meados de 1990 – nos livros-, e 2000 – nos cinemas. A música, uma interpretação do tema clássico, foi adaptada e toma contornos mais ágeis e fundo dos anos vinte. A maior parte dos elementos desses 10 primeiros momentos vimos nos trailers, com exceção de um porém, que surpreende um bocado e dá um gostinho das aventuras de Newt, Jacob e as irmãs Goldstein.

Ansiosos? Compartilhamos esse sentimento. Depois da notícia bombástica de mais quatro filmes (além do que o que está prestes a estrear), a curiosidade de saber mais é irrefreável! Fique atento ao portal para descobrir tudo sobre Animais Fantásticos e Onde Habitam. Finalizamos com a icônica frase de Luna Lovegood“As coisas que nos pertencem acabam voltando para nós. Bom, nem sempre da forma que esperamos”

Comente via Facebook!
Categorias
Notícias

Ver também