Arrow – Temporada 03 – Ep. 16 – The Offer

Arrow, onde super heróis fazem processo seletivo para arrumar emprego da forma mais bizarra possível. Arrow volta de seu hiato #2369213 com um episódio repleto de… err… coisas? Podemos...

Arrow, onde super heróis fazem processo seletivo para arrumar emprego da forma mais bizarra possível.

Arrow volta de seu hiato #2369213 com um episódio repleto de… err… coisas? Podemos chamar de coisas? A trama foi um pouco confusa e extremamente poluída. O drama gira em torno do peso da decisão de Oliver em se tornar o próximo Ra’s al Ghul. Caso ele se torne o novo Cabeça do Demônio, poderá transformar a Liga dos Assassinos em uma força para o bem (tipo o Demolidor em Terra das Sombras escrito por Andy Diggle e desenhado por Billy Tan), mas a que custo?

Sério, qual custo? Porque se ele pode ordenar que seu exército de guerreiros ninjas altamente treinados não matem mais ninguém e virem uma força de vigilantes, não resolveria muita coisa?

arrow-the-offer-review-freakpop-04

Como já é tradição, para artificialmente aumentar o nível de pathos emocional do episódio, os roteiristas de Arrow tiram mais uma página do já saturado Guia Christopher Nolan de Ponderações Super-Heroicas. O Capitão Lance desconta sua fúria em Arrow, Diggle faz um discurso moralista para Oliver sobre o papel de ser herói, Thea pondera sobre o fardo de sua existência após ter matado alguém, Roy faz algo envolvendo parkour e olhar confuso para coisas e bizarramente, após saturar o episódio com diálogos super-dramáticos, devemos ficar surpresos que o enredo ficou uma zona… porque nada se amarra muito bem e o choradeiro ficou forçado.

arrow-the-offer-review-freakpop-05

E espera um minuto… esse é o grande plano maléfico de Ra’s Al Ghul? Você acharia que um grã-mestre multi-centenário com incontáveis anos de experiência teria um plano um pouco mais sofisticado e menos… vilão do Scooby Doo?

arrow-the-offer-review-freakpop-01

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também