Arrow – Temporada 1 – Episódio 19 – Unfinished Business

Após o fiasco do episódio 18, Arrow toma um rumo mais interessante em Unfinished Business. Apesar de longe de perfeito, o episódio teve momentos emocionais interessantes e pela primeira...

Após o fiasco do episódio 18, Arrow toma um rumo mais interessante em Unfinished Business. Apesar de longe de perfeito, o episódio teve momentos emocionais interessantes e pela primeira vez depois de muito tempo, personagens começaram a evoluir e caminhar para enredos mais interessantes.

Uma garota, entopercida por Vertigo, é atropelada e a polícia descobre que o último lugar que ela frequentou é a boate de Oliver e Tommy. Detetive Lance que já tem motivos demais para não ir com a cara de Tommy, decide investigar, colocando em risco toda a “Flecha Caverna” de Oliver, que fica no porão da balada. Mais preocupante ainda, se o tráfico de Vertigo voltou, quer dizer que o Conde também…

Oliver ainda é assombrado pela quase perda de sua irmã por causa da droga e decide investigar, Diggle se afasta da missão pois ainda está na caçada de Deadshot pela morte de seu irmão. Uau… todo mundo precisa investigar ou caçar algo… O Capuz descobre que o Conde continua completamente louco após uma overdose de sua própria droga e que a versão nova de Vertigo que infesta as ruas é muito mais perigosa. Naturalmente não vamos contar o desfecho do episódio, mas vale a pena conferir.

Em paralelo, Oliver descobre que Tommy subornou um fiscal para evitar que este descobrisse a base secreta do Capuz, após uma acusação sem fundamento do herói, a amizade dos dois fica abalada e Tommy decide se unir ao seu pai, em uma das cenas de vilões fazendo aliança mais batidas de todos os tempos.

Enquanto isso, na Ilha Flashback, Shado decide treinar Oliver no melhor estilo Karatê Kid, e o rapaz passa o tempo inteiro dando tapa em uma tigela de água… sim, parece mandinga.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
CríticasNotícias

Ver também