Arrow – Temporada 3 – Ep. 10 – Left Behind

Starling City sem Arrow? Arrow voltou com um episódio com o nome de um dos piores filmes do Nicolas Cage, o que não tem nada a ver com a...

Starling City sem Arrow?

Arrow voltou com um episódio com o nome de um dos piores filmes do Nicolas Cage, o que não tem nada a ver com a premissa do episódio mas é uma observação interessante. Oliver está desaparecido há algum tempo e o Time Arrow continua com sua missão de prender os criminosos de Starling City. Diggle usa o capuz verde e acompanha Roy em missões durante a noite para manter o espírito do vigilante Arrow vivo. Apesar do ar de velório no ar, Felicity se recusa a acreditar que Oliver realmente tenha batido as botas e mantém as operações como sempre. Para complicar ainda mais e como não bastasse participar do Time Arrow e ser uma consultora para o Time Flash ela agora vira a confidente de Ray Palmer em sua jornada para se tornar o Eléktron.

arrow-left-behind-review-critica-01

Naturalmente, Oliver não está realmente morto e (RELAXA NÃO VAI TER SPOILERS) existe uma explicação para sua volta e como isso acontece, mas por enquanto, temos um episódio onde Stephen Amell só marca presença em flashbacks. Em Hong Kong, ele e Maseo precisam deixar de lado o desaparecimento de Tatsu para enfrentar mais uma missão suicida de Amanda Waller, naturalmente, o enredo do flashback está ligado ao mistério do retorno de Oliver (viu como não teve spoiler? Respira fundo, estamos aqui para cuidar de você).

arrow-left-behind-review-critica-02

Left Behind, conta com o ar mais fúnebre desde a morte de Sara Lance. Emily Bett Rickards carrega a carga emocional sozinha e derrama lágrimas já que todo homem que ela gama decide colocar uma roupa colorida e pular na frente de balas. Enquanto ela chora as pitangas, Roy e Diggle caçam Danny Brickwell, o Tijolo, um chefão do crime implacável que destrói todo o trabalho de Arrow dos últimos oito meses. Agora Starling grita pela volta de seu herói.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também