Crítica de Apóstolo filme de terror da Netflix com Dan Stevens e Michael Sheen no elenco e dirigido por Gareth Evans

CRÍTICA | Apóstolo - Não é um tipo de terror que aparece com frequencia

Não coma nada pesado antes de ver o filme....

Apóstolo na Netflix é uma sangrenta homenagem a O Homem de Palha e uma mudança de rumo para o diretor Gareth Evans

Os anos 70 marcaram um período onde filmes de terror começaram a fazer uso de cada vez mais sanguinolência para impressionar a audiência. Na contramão desta tendência, o roteirista Anthony Shaffer, impressionado com o romance Ritual de David Pinner, decide adapta-lo para criar uma trama que se baseia primeiramente em tensão psicológica, e não sustos e sangue. Assim surge, O Homem de Palha. Considerado por muitos, um dos melhores filmes de terror de todos os tempos. Apóstolo, dirigido por Gareth Evans, deve muito ao clássico.

Apóstolo

Em 1905, Thomas Richardson (Dan Stevens) viaja para uma ilha remota no País de Gales para localizar sua irmã que foi raptada por um culto misterioso. Liderados pelo criminoso arrependido Malcolm Howe (Michael Sheen), os devotos acreditam que uma Deusa rege a vida natural da ilha e, por meio de sacrifícios de sangue constantes, a região se manterá fértil e próspera. Aos poucos, Thomas vai se infiltrando no culto, desvendando os mistérios da ilha e fugindo dos líderes desconfiados. Será que é só um esquema de ganhar dinheiro ou será que realmente existe algo divino e terrível nesta ilha?

Como falamos antes, o diretor deve bastante ao Homem de Palha e sua premissa de “homem em missão de resgate encontra culto de fanáticos”, mas ao contrário de meramente fazer uma cópia fajuta, Evans incorpora elementos suficientes de outros gêneros para criar uma experiência bem interessante.

Não existem sustos e até mesmo o ritmo do filme chega ser quase documental. Nada é acelerado e, aos poucos, intercalando-se entre a belíssima paisagem pastoral da ilha, seu lado sombrio vai se revelando. O nome do jogo aqui é tensão, não existem sustos baratos, apenas um crescimento constante de que algo está bastante errado.

Não que este “errado” fique apenas no psicológico, quando o filme precisa mostrar suas vísceras, faz isso muito bem. Cenas extremamente violentas e perturbadoras quebram um pouco o ritmo da narrativa e ajudam a estabelecer um pouco mais do que está acontecendo em Apóstolo. Nas mãos de diretores menos competentes como Eli Roth ou Rob Zombie, viraria farofada pura, mas Evans sabe segurar no visual os momentos mais absurdos da história.

Porém

Tem horas que o filme se arrasta um pouco. E com mais de duas horas de duração, alguns momentos ficam com aquela sensação de água no feijão. Quem conheceu o diretor pelo seu trabalho na franquia Operação Invasão (aliás, quem não assistiu, fica a dica) e seu ritmo frenético vai até estranhar o ritmo vagaroso da narrativa. Aliás, esta indecisão sobre o tom e que tipo de filme que Apóstolo quer ser acaba cansando um pouco a experiência. É uma linha muito tênue para um filme tentar ser um thriller psicológico e um horror gore e, quando o longa acerta, é fantástico, mas tem seus erros também, e isso acaba jogando contra.

Mesmo assim, são poucos filmes de terror que hoje em dia trabalham com este nível de capricho tanto na atuação quanto na direção, A Cura de Gore Verbinski e A Colina Escarlate de Guillermo del Toro vêm à mente, ou se você preferir, imagine um Escuridão (2005), só que mais inteligente.

Apóstolo já está disponível na Netflix.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Nota
8.4
Nota
O bom
  • Dan Stevens segue sendo um ator bizarramente mal aproveitado por Hollywood
  • Michael Sheen também
O ruim
  • Tem horas que vai ser difícil manter atenção porque o filme dá uma paraaaaaada....
  • Direção
    10
  • Elenco
    8
  • Roteiro
    8
  • Enredo
    7.5
Categorias
CriticasFilmes

Ver também