CRÍTICA | Arrowverso – Semana 4 no Brasil

No Arrowverso: Supergirl conhece a presidente dos EUA, o Flash enfrente um Bonnie & Clyde de meta-humanos, Algumas séries estão com mais fôlego que outras no Arrowverso. Quer saber...

No Arrowverso: Supergirl conhece a presidente dos EUA, o Flash enfrente um Bonnie & Clyde de meta-humanos,

Algumas séries estão com mais fôlego que outras no Arrowverso. Quer saber o que rolou na semana anterior? Clique aqui!

arrowverso-header-supergirl-temporada-2

Supergirl – T02E03 – “Welcome to Earth”

Supergirl, inesperadamente, vira a série mais alegórica do Arrowverso com seu terceiro episódio desta temporada. A presidente dos EUA, interpretada por Lynda “Mulher Maravilha” Carter, chega na cidade para anunciar um tratado de anistia para alienígenas na Terra. Com a assinatura deste documento, alienígenas morando “ilegalmente” nos EUA terão direitos de cidadão. Enquanto Kara, com toda a benevolência que vem com o S no peito, acredita piamente na medida, outros personagens não estão tão seguros. É interessante ver que mesmo com o tema de imigração tão forte na política americana, a série arrisca em expor pontos de vista diferentes sobre o tema. Alex por ter passado tanto tempo enfrentando alienígenas criminosos, acredita que somente Supergirl e o Caçador de Marte são dignos de confiança. J’onn não acredita completamente na medida, como alguém que não só é alienígena, mas também vive sob a identidade de um homem negro, ele sabe exatamente quão vil a humanidade pode ser. Em um bar alienígena, conhecemos a detetive Maggie Sawyer que também revela seu ponto de vista. Como uma mulher lésbica e de cor criada nas áreas mais rurais dos EUA, ela se sente mais confortável entre os alienígenas do que com humanos.

A parte mais interessante em torno desta temática, é ver pela primeira vez, o confronto ideológico entre as duas identidades da Supergirl. Apesar de ser completamente a favor da anistia, Snapper a obriga a entrevistar Lena Luthor, que mantém uma posição consideravelmente mais ambígua e não tão fácil de esclarecer. Uma grande lição para jornalistas que têm dificuldades de relatar os fatos quando estes entrem em choque com seu viés ideológico.

E naturalmente, ver Lynda Carter, a Mulher Maravilha original interpretando uma presidente mulher em uma das únicas séries de super herói protagonizadas por mulheres passa uma mensagem incrivelmente poderosa.

arrowverso-header-the-flash-temporada-3

The Flash – T03E04 – “The New Rogues”

Ugh, depois de três episódios onde The Flash tentou ser a série mais depressiva e insossa do Arrowverso, finalmente temos um episódio que resgata o que esta série faz de melhor: divertir com um gostinho da era de prata. No episódio, que traz novamente Wentworth Miller como Capitão Frio, Barry precisa enfrentar o Mestre dos Espelhos, um meta-humano com o poder de teleportar em superfícies refletivas.

O Mestre dos Espelhos é um dos vilões mais icônicos da galeria do The Flash, mas seu visual e caracterização deixam um pouco a desejar. Junto com uma versão feminina do vilão Pião, eles atuam como uma espécie de Bonnie & Clyde com super poderes. Sem os uniformes icônicos e sem uma caracterização marcante.

Pelo menos, não temos mais de lidar com Cisco depressivo e ele está de volta com suas inúmeras piadinhas de cultura pop. Suas interações com Harry estão as melhores e até mesmo nos esporros contra Jessie Quick, Barry solta um “Meu Deus, virei o Oliver!” antes de reverter à sua velha personalidade e se divertir como um velocista.

arrowverso-header-arrow-temporada-5

Arrow – T05E04 – “Penance”

Esta temporada de Arrow continua a restaurar a série como o pai digno do Arrowverso. Com vilões cada vez mais poderosos por temporada, o drama foi ficando cada vez mais exagerado. Quem diria que e Tobias Church, um criminoso sem piedade, mas completamente desprovido de soros de super força, exércitos de ninjas e magia negra, a série teria um antagonista que, antes de ser uma grande ameaça, produz grandes histórias?

De forma muito bacana, o episódio desta semana coloca os heróis principiantes em campo sem o apoio de Oliver. Church não é tão perigoso quanto Merlyn ou Slade, mas ele é implacável o suficiente para tornar a vida dos jovens integrantes do time Arrow em pesadelo. Oliver está ocupado infiltrando uma prisão militar de segurança máxima para resgatar Diggle, quer ele ou não. E com ajuda de só mais uma “ideiazinha” da trilogia Nolan, ambos fogem sem grandes dificuldades.

O que é mais interessante desta nova temporada de Arrow é a sensação dos roteiristas estarem mais interessados em contar boas histórias do que investir desesperadamente em reviravoltas, tragédias emocionais e mortes desnecessárias.

arrowverso-header-legends-of-tomorrow-temporada-2

DC’s Legends of Tomorrow – T02E03 – “Shogun”

Sem Rip Hunter, sem Vandal Savage e sem os Gaviões, Legends of Tomorrow se tornou uma série completamente diferente e muito mais atenta à crescente história dos super heróis no Arrowverso.  A nova integrante é Vixen, que ao contrário de Kendra, já é uma heroína treinada e não vai perder tempo repetindo incessantemente que “seu mundo mudou e ela era só uma barista”. O episódio da semana coloca o time no japão feudal enfrentando um brutal lorde do shogunato que aterroriza um vilarejo. O episódio, como os demais desta nova temporada, está menos compromissado em narrar uma saga contínua contra um único antagonista (apesar de Darhk e Thawne espreitarem as eras). “Shogun” passa mais tempo apresentando a dinâmica do novo time com Vixen e Nate, que agora já tem seus poderes de Gládio, e mostrando isso da melhor forma possível: com pancadaria.

De quebra, temos um vislumbre da origem do clã Yamashiro, que um dia trará para o Arrowverso a vigilante Katana. Um episódio que tem o intuito de divertir, e é exatamente isso que esperamos destas séries, diversão.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também