Intrigante e totalmente diferente, confira nossa crítica da primeira temporada de Better Than Us nova série de ficção científica russa disponível na Netflix

CRÍTICA | Better Than Us – Temporada 01

Intrigante e totalmente diferente, confira nossa crítica da primeira temporada de Better Than Us nova série de ficção científica russa disponível na Netflix...

Better Than Us é uma série de ficção científica russa intrigante

Logo que a Netflix avisou da chegada de Better Than Us como sua primeira produção original feita na Rússia, e de ficção-científica, imaginei um mundo sombrio com pessoas filosofando sobre o Eu, O Infinito e Tudo Mais, como nos clássicos russos Stalker e Solaris, ambos dirigidos por Andrei Tarkovsky nos anos 70. Felizmente, o desenvolvimento dessa série passa longe do tradicional “papo-cabeça” de filmes consagrados durante a antiga União Soviética.

A primeira grande surpresa estão nos primeiros minutos da série, quando são enumeradas as 3 Leis da Robóticas (veja abaixo) criadas por Isaac Asimov e consagradas em seus livros sobre seres cibernéticos como Eu, Robô, O Homem Bicentenário e Sonhos de Robôs. Como Asimov era russo de nascimento, mas saiu  da Cortina de Ferro e foi para a terra de Tio Sam ainda criança, é possível que roteirista e criador da série Alexander Kessel quis prestar uma homenagem ao autor, incorporando na história das Leis da Robótica.

E elas fazem toda a diferença dentro da história, comparando com a produção sueca Real Humans e sua adaptação pelo AMC, Humans, que tratavam das relações entre humanos e seres sintéticos. Em Better Than Us, Arisa acaba atacando um dos entregadores da empresa quando estava iniciando seu processo de ativação. Temendo uma repercussão negativa, o principal executivo da Cronos decide eliminá-la. No trajeto, Arisa acaba sendo resgatada acidentalmente pela pequena Sonia, uma garota de sete anos que estava com o pai, um médico forense.

Com isso, Arisa acaba sendo ativada por Sonya, passando a proteger a criança e toda a sua família. O que poderia ser apenas mais uma série de  ganância das grandes corporações contra o cidadão comum, se transforma numa empolgante série de ação, onde o alvo deixa de ser apenas Arisa, mas entrando no jogo, Sonya e sua família, os executivos da Cronos e principalmente uma organização que odeia robôs e outros seres cibernéticos.

Sem dialética russa, mas colocando as leis da robótica como base dramática, Better Than Us oferece ao público, amante ou não de ficção-científica, uma visão arrojada das relações entre humanos e a nova inteligência artificial que comanda os “sentimentos” de Arisa. Sim, nos dizeres de Tyrell, o magnata da Tyrell Corp de Blade Runner – O Caçador de Androides, quanto mais humano melhor é o produto.

O grande dilema é saber até que ponto a humanidade existente nos processadores do cérebro positrônico de Arisa pode levar os humanos a confundir até mesmo sua própria existência sobre o planeta. São ou não melhores do que nós, como pretende o título?

Better Than Us é brilhante e tem um elenco à altura da história. Nomes desconhecidos, evidente, para atores e atrizes que sabem passar a carga emocional que a história exige. Em particular Vitaliya Kornienko que interpreta a pequena Sonya. Pode assistir no original em russo ou dublado em português. O carisma da personagem é multinacional.

As Três Leis da Robótica de Isaac Asimov

1ª Lei: Um robô não pode ferir um ser humano ou, por inação, permitir que um ser humano sofra algum mal.

2ª Lei: Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.

3ª Lei: Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou Segunda Leis.

Comente via Facebook!
Nota
9.3
Nota
O bom
  • Assistir uma série russa de ficção moderna não tem preço
  • O roteiro bem amarrado demonstra que até russo sabe saber fazer seriados estilo americanos
  • Usaram as leis da robótica melhor do que nos filmes Eu, Robô e O Homem Bicentenário
  • Direção
    9
  • Roteiro
    9
  • Enredo
    9
  • Elenco
    10
Categorias
CríticasSéries

Ver também