CRÍTICA | Brooklyn Nine-Nine – Quinta temporada estreia na Netflix

Cool cool cool! Brooklyn Nine-Nine Quinta temporada disponível na Netflix! Confira aqui nossa crítica sem spoilers das aventuras de Jake Peralta e companhia...
Cool cool cool! Brooklyn Nine-Nine Quinta temporada disponível na Netflix! Confira aqui nossa crítica sem spoilers das aventuras de Jake Peralta e companhia

Brooklyn Nine-Nine continua como uma das mais divertidas séries de comédia. Quinta temporada está disponível na Netflix.

Okay okay okay cool cool cool cool. Finalmente mais uma temporada de Brooklyn Nine-Nine na Netflix! A série já teve sua estreia no canal da TV a cabo TBS, mas nunca teve uma divulgação bem trabalhada pela emissora, depois disso, também foi transmitido pela TNT Séries. Por sorte, na plataforma de streaming a série foi gradualmente conquistando legiões de fãs no Brasil. Nos EUA não é diferente, apesar do cancelamento na FOX, foi rapidamente ressuscitada pela NBC. Não é difícil quando entre seus fãs existem pessoas como Mark Hamill, Seth Meyers, Lin-Manuel Miranda e Guillermo del Toro.

Brooklyn Nine-Nine – Quinta temporada

A temporada começa com a vida na prisão de Jake e Rosa após os eventos do final da temporada anterior. Para ajudar no caso, Capitão Holt aceita um favor de um mafioso. Resolvido isso, surgem duas tramas que carregam a temporada inteira, além dos casos de cada episódio, é claro. Primeiro, as consequências dessa favor que pode ser cobrado de Holt a qualquer momento e as consequências para sua possível promoção para Comissário da polícia de Nova York. E é claro, o casamento de Jake e Amy.

Não é a toa que Brooklyn Nine-Nine é uma das séries mais consistentes nas risadas. Não só o roteiro é extremamente competente, mas o elenco está entre os mais competentes e diversos de qualquer série de comédia da atualidade. Parte disso vem um de seus criadores, Michael Schur que também assina a criação de The Office e Parks & Recreation, considerada duas das melhores comédias de local de trabalho e com elencos bastante variados que funcionam muito bem entre si em diversas configurações de personagem.

Até mesmo nos momentos mais sensíveis, quando a série aborda temas mais sérios como a orientação sexual de Rosa, o roteiro evita que a narrativa caia na pieguice. Em um episódio acompanhamos o casamento de Holt e Kevin sofrendo com uma ameaça criminosa, no outro vemos que Jake não está completamente confiante para voltar para as ruas. São personagens humanos, que por mais caricatos que sejam quando a comédia está em alta, ainda mantém profundidade suficiente para momentos mais emocionais.

No fim

Precisa dizer mais alguma coisa? São cinco temporadas de uma série sensacional, daquelas que pode ser assistida com atenção de águia para sacar os easter eggs e referências, ou apenas para deixar de fundo e só captar os melhores momentos. Como falamos, a quinta temporada de Brooklyn Nine-Nine já está disponível na Netflix.

Até a próxima!

Comente via Facebook!
Nota
10
Nota
O bom
  • Destaque para a participação especial do Danny Trejo!
  • Doug Judy!
  • Direção
    10
  • Elenco
    10
  • Roteiro
    10
  • Enredo
    10
Categorias
CríticasSéries

Ver também