Crítica de Deadpool 2 com Ryan Reynolds no papel principal.

Chimichangas! Veja aqui nossa crítica de Deadpool 2

Cocaína e cura para a cegueira, crianças...

Deadpool 2, bizarramente, é o filme mais fiel do universo X-Men

O primeiro Deadpool foi, no mínimo, uma surpresa agradável. Quem diria que um personagem que nasceu como uma cópia descarada do Deathstroke da DC Comics e que há muito tempo havia sido relegado aos sombrios confins dos memes de internet se tornaria a franquia de super heróis mais bem sucedida da FOX Pictures?

E tudo isso, com um orçamento que provavelmente não conseguiria pagar o maquiador que tampa as tatuagens questionáveis do Ben Affleck

Deadpool 2 (sem spoilers)

Na trama, Wade Wilson (Ryan Reynolds) segue sua vidinha como o mercenário tagarela. Ele vive feliz da vida com Vanessa (Morena Baccarin) e ambos estão prestes a dar mais um passo importante em seu relacionamento. Durante uma missão como treineiro com os X-Men, Colossus (Stefan Kapicic) e Negasonic Teenage Warhead (Brianna Hildebrand), Wade conhece um jovem mutante super poderoso chamado Russell (ou Firefist – interpretado por Julian Dennison). O garoto teve uma vida difícil e é mal humorado de acordo.

Tudo complica quando um super soldado chamado Cable (Josh Brolin) vem do futuro para impedir que Russell vire uma grande ameaça. Para salvar a bunda do garoto, Deadpool reúne um grupo de mutantes composto por Domino (Zazie Beetz), Bedlam (Terry Crews), Zeitgeist (Bill Skarsgård), Shatterstar (Lewis Tan), Vanisher (Brad Pitt) e Peter (Rob Delaney) para derrotar Cable e salvar Russell.

Ele falou o quê e enfiou onde?

Se você gostou do primeiro Deadpool, com certeza vai gostar deste. A mistura de piadas infantis, humor negro e carnificina continuam firmes e fortes. Por ter tirado a história de origem do caminho, Deadpool 2 tem campo fértil para explorar novos temas e avenidas, algo que ajuda o filme a ter uma trama mais rica e um surpreendentemente lado emocional mais construído.

Apesar dele ter virado o santo padroeiro do humor aleatório de Internet, leitores de quadrinhos sabem que por trás da loucura, do sarcasmo e das quebradas de quarta parede, existe um personagem bastante complexo em Deadpool, e é muito bom ver o lance da alma torturada sem aquele melodrama de Hugh Jackman querer largar a franquia ou ambos terem mães com o mesmo nome.

Zazie Beetz

Não sei se vocês assistem Atlanta, a fantástica série criada por Donald Glover (primeira temporada disponível na Netflix), Zazie Beetz é sensacional nessa série, e é impressionante o seu potencial para se tornar uma gigantesca estrela de cinema. Não existe nenhuma cena do filme onde ela apareça que Domino não automaticamente roube a cena. Isto que, em geral, ela contracena com Ryan Reynolds vomitando piada atrás de piada e o filho bastardo do Thanos com o Soldado Invernal rosnando que nem Christian Bale vestido de roedor que voa.

Espadas, espadas em todo lugar

Quem viu John Wick sabe que David Leitch tem um bom olhar para visão. As cenas de ação em Deadpool 2 são consideravelmente mais complexas e coreografadas do que o primeiro filme e, em certos momentos, nota-se que o estilo deste diretor se assemelha mais ao seu antecessor (Tim Miller). Em alguns sets maiores, parece que o diretor não consegue decidir o que enquadrar e deixa alguns momentos um pouco confusos. Falo isso porque isto ainda é uma crítica e, como crítico, reservo o direito de salpicar uns comentários metidos à besta.

Tipo…

Deadpool 2 não transcende o gênero, porém endereça a semiótica

O que eu acabei de dizer literalmente não quer dizer nada, mas aproveito a deixa para falar que por trás de toda a loucura do filme, existem temas bastante sólidos e é impressionante ver como Ryan Reynolds injeta tanta humanidade no que poderia simplesmente ser uma comédia pastelão sobre um ninja indestrutível pansexual.

É impossível comentar mais sobre o filme sem entrar em território de spoilers (aproveito para informar que o território de spoilers é mais abaixo), então vão assistir. Se você gostou do primeiro filme, com certeza vai se divertir com este. Se você procura um filme de super herói menos traumático, onde você não vai ser forçado a ver herói atrás de herói morrendo

Bom, Deadpool 2 estreia dia 17 de maio nos cinemas.

Até a próxima!

Ah, se você quiser ver alguns easter eggs que rolaram no filme, veja abaixo, mas lembre-se…

Aqui tem spoilers…


Easter Eggs em Deadpool 2

1. M-Day / Dia M

Nos quadrinhos, após o crossover Dinastia M, a Feiticeira Escarlate usa seus poderes e elimina os poderes mutantes de quase toda a população homo superior do planeta. Este evento ficou conhecido como Dia M. No filme, observe como os pôsteres do Instituto Essex falam sobre o “M-Day”.

2. Tropa Alfa

A Tropa Alfa é o principal grupo de super heróis canadenses. Pense numa versão mais educada dos Vingadores ou menos dramática dos X-Men. Eles não aparecem no filme, mas preste atenção na publicidade no carro de Dopinder. Alpha Flight é o nome em inglês do grupo!

3. Vanisher, Bedlam, Zeitgeist, Shatterstar

Não necessariamente um easter egg, mas é interessante ver que todos os personagens escolhidos por Wade de fato foram da X-Force dos quadrinhos. O grupo começou como uma versão mais militarizada e radical dos X-Men… porque nos anos 90, tudo tinha vibe de propaganda de Nescau Cereal. Fiquem de olho no ator que interpreta Vanisher!

4. Mojoverso

Shatterstar não é necessariamente um mutante, mas sim um alienígena do Mojoverso, um universo paralelo controlado por Mojo. Esse etezão é uma espécie de produtor de televisão maligno (ao contrário de?). Ele vive para produzir programas para o consumo de uma população de seres sem cérebro que ficam o dia todo na frente da televisão. É legal ver que ao contrário de Bryan Singer, Ryan Reynolds e companhia limitada celebram estes cantinhos mais bizarros do universo dos mutantes da Marvel.

5. Uniforme X-Force

Ryan Reynolds comentou que a próxima aparição do Deadpool seria no filme da X-Force. Nos quadrinhos, Wade usa um uniforme cinza quando participa de missões do grupo. Ele não chega a trocar de uniforme, mas note como o uniforme dele fica igualzinho ao da imagem quando ele fica coberto de cinzas!

6. Hope Summers

Descobrimos que Cable volta ao passado para impedir que sua filha morra pelas mãos de Russell. Ele revela que o nome dela é Hope. Nos quadrinhos, Hope Summers é a filha adotiva de Cable e a messias mutante. Após o dia M, ela é surge com o poder de despertar poderes mutantes dormentes na população, efetivamente reintroduzindo o gene X ao universo Marvel.

7. Nathaniel Essex

O Instituto Essex provavelmente é referência à Nathaniel Essex, o Senhor Sinistro. É a segunda vez que o vilão faz uma “ponta” após a Corporação Essex aparecer em X-Men: Apocalipse.

8. Black  Tom Cassidy

Black Tom Cassidy está entre os prisioneiros mutantes. Em um determinado momento é possível ver outros, mas este é o único que se apresenta de fato. Alguns que parecem estar aprisionados também são o Dente de Sabre (ou o Selvagem) e Pigmeu.

9. Ice Box (Geladeira)

Nos quadrinhos, a Geladeira é a base da S.H.I.E.L.D. escondida em algum lugar remoto do planeta onde os segredos mais perigosos da agência são guardados. Depois do aeroporta-aviões disfarçado no primeiro filme, este é o segundo elemento da Disney que Reynolds rouba para Deadpool.

10. X-Men fazem ponta

Wade vive reclamando que toda vez que ele visita a Mansão X nunca parece que tem qualquer X-Men que não seja o Colosso. Além de brincar com itens clássicos como a cadeira do Professor Xavier e o Cérebro, os mutantes estão de fato na mansão. Só que não parecem muito afim de conversar com Wade. Fique de olho na aparição super rápida dos heróis.

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Nota
9
Nota
The Good
  • Se você for parar pra pensar, é sim culpa do Hugh Jackman
The Bad
  • O primeiro ato arrasta um pouco.
  • Direção
    9
  • Roteiro
    9
  • Enredo
    8
  • Elenco
    10
Categories
CriticasFilmes

RELATED BY