CRÍTICA | Dinastia - A primeira temporada é inesquecível

O reboot da série dos anos 80 é a melhor série de intrigas de bilionários

Primeira temporada de Dinastia (Dynasty) está disponível na Netflix e você precisa assistir!

Bem-vindos à família Carrington. Donos de uma fortuna bilionária, os Carringtons vivem em uma mansão em Atlanta e Blake Carrington (Grant Snow) é o patriarca e CEO de uma empresa de energia. Esta família enfrenta o segundo casamento de Blake em uma trama cheia de traições, reviravoltas, surpresas e “tortas de climão”.

Cristal Carrington

Blake vai se casar. A temporada começa com o clima romântico do novo casal. Uma jovem bela e “sem pedigree” se muda para a mansão com o seu sobrinho Sam “Sammy Jo” Flores (Rafael de La Fuente).Os venezuelanos podem não ter nascido na riqueza, mas sabem consumir o bom e o melhor. Cristal precisa se preparar para carregar o sobrenome do noivo, enquanto assume um novo cargo na empresa e é atacada constantemente pela impiedosa Fallon Carrington (Elizabeth Gillies).

Fallon Carrington

A típica patricinha “White People Problem” é tão gananciosa que está disposta a abrir uma empresa do mesmo setor para competir com o seu pai no mercado. Enquanto se associa com Jeff Colby (Sam Adegoke), Fallon tem um caso com o motorista da família Michael Culhane (Robert Christopher Riley).

Steve Carrington

Enquanto Fallon, Cristal e Blake entram em atrito por causa da nova empresa da jovem, Steve só quer saber de gandaia, drogas e, eventualmente, embarcar numa vida política. O filho mais novo de Blake é perdidão e só quer curtir a grana do papai enquanto caça uns “rabos” de calça. Sammy Jo vira seu amante dentro da casa e, por trás de toda essa bagunça, Joseph Anders (Alan Dale) é o fiel mordomo da casa que sabe mais do que as paredes.

Os primeiros conflitos e revelações

Fallon e Steve foram abandonados por sua mãe, Alexis. Envolvidos com as maracutaias de Blake, eles são cúmplices de quase todas as decisões do patriarca quando a pauta é “defender a família”. Blake é o típico ricaço poderoso que tem uma equipe de espiões, policiais, advogados e infiltrados totalmente preparados para defender a reputação deles quando alguma polêmica surge. O primeiro impasse da trama envolve a morte de um antigo amante de Cristal.

Em seguida, a esposa do falecido Matthew Blaisde (Nick Wechsler) se torna uma pedra no sapato de Cristal e algo precisa ser feito, ou pago, para que a moça fique na dela. Principalmente por que ela sabe de segredos da empresa que poderiam acabar com a mesma.

Além disso, o passado de Cristal volta á tona, levando Fallon a fazer qualquer coisa para destruir a relação do pai. Enquanto isso, Culhane vive um triângulo amoroso com Colby e Fallon. O garanhão e sócio de Fallon também tem um passado e um motivo pesado para destruir os Carringtons.

A primeira reviravolta é pesada

Thomas Carrington morre! O pai de Blake é enterrado e na leitura do testamento a mansão principal da família é deixada para Alexis. Sim, a matriarca retorna para a trama e transforma a vida de todos em um verdadeiro inferno. No meio do caminho, um novo filho do casal aparece e Fallon perde Culhane após o pai do moço ficar doente graças a uma enorme cagada da empresa de energia.

Tá, e aí?

Não vamos mais entrar em mais detalhes, pois assistir Dynasty (Dinastia) é uma experiência única. Se você quer ver barracos, pessoas ricas tentos atitudes escrotas, um verdadeiro desfile de moda em eventos temáticos luxuosos e amores proibidos entre ricos e “pobre”, Dinastia é a sua série.

Se você achou que Gossip Girl foi um prato cheio de reviravoltas e emoção, Dynasty é ainda melhor! Aqui os adultos sabem brincar, de verdade, com o fato de terem poder e uma fortuna capaz até de comprar um marido. Dinastia não brinca em serviço, honra sua versão original da década de 80, e oferta 22 episódios onde “cliffhanger” é levado à sério.

A diversão é garantida com uma temática exagerada, personagens caricatos, clichés de gente rica e muita, mas muita intriga e traição. Fallon é a personagem que carrega toda a primeira temporada, estando envolvida em cada nova situação. A vingança também reina nesta fase da série, trazendo à tona personagens secundários como protagonistas dessa deliciosa jornada da queda da dinastia dos Carringtons.

Vale a pena?

MUITO! Dynasty é uma soap opera que sabe equilibrar a ficção dramática e cômica. No meio dessa arrogância, prepotência e poder excessivo, tem romance, drama e mais drama. Afinal, ninguém se equilibra no Christian Louboutin com os boletos pagos sem ter o coração partido.

Dinastia é um novelão de primeira categoria e os Carringtons são a família mais odiável e amável que você encontrará na televisão.

Se você for fã do gênero e de séries como Grey’s Anatomy, Revenge, The O.C, Dawson’s Creek, Dallas, entre outras, Dinastia será seu próximo vício e maratona, já que a primeira temporada está disponível na Netflix.

A primeira temporada foi liberada semanalmente na plataforma, um dia após a exibição nos EUA no The CW. A Neflix detém a distribuição internacional da produção que já teve a segunda temporada anunciada. Dinastia retorna dia 11 de outubro no canal americano.

Comente via Facebook!

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

10
The Good
  • Fallon é a personagem que você mais vai amar e odiar!
  • O que Fallon faz com Culhane é desumano!
  • Steve...toma juízo menino!
  • Anders: Melhor mordomo!
The Bad
  • Alexis é cafona. O visual da matriarca é péssimo, parece uma atriz pornô!
  • A reviravolta final da primeira temporada é o exato oposto de This Is Us
  • Jeff Colby é um rabudo, ainda não sabemos lidar com a verdade por trás do moço.
  • A ex-mulher, viúva é tipo a "loira do banheiro". Tá sempre possuída.
  • Direção
    10
  • Roteiro
    10
  • Elenco
    10
  • Produção / Fotografia
    10
  • Figurino
    10
Categories
CríticasSéries

RELATED BY