Ibiza tudo pelo DJ netflix

CRÍTICA | IBIZA - Tudo Pelo DJ - O amor está no ar e na Netflix

Que vontade de viajar o mundo ao lado de um DJ bonitão

IBIZA – Tudo Pelo DJ mostra que a mulherada precisa tomar as rédeas da própria vida

Ibiza é palco de tudo o que muitos curtem: festas, drogas e sexo. O filme, indicado para maiores de 18 anos, conta a história de três amigas que “tocam o terror” na badalada praia espanhola e comprovam que a vida é curta demais para só trabalhar.

Saindo de Nova Iorque…

Nikki (Vanessa Bayer), Harper (Gillian Jacobs) e Leah (Phoebe Robinson) são três amigas grudadas que, graças a uma viagem de trabalho de Nikki, resolvem viajar juntas para Barcelona. Nikki está responsável por fechar uma grande conta para a empresa, mas Harper e Leah só pensam na esbórnia.

Chegando lá, assim que Nikki se livra de um compromisso, elas resolvem ir para a balada e se acabar. Na festa, conhecem Leo (Richard Madden), um DJ famosérrimo que se apaixona por Nikki de cara. Ainda sem acreditar neste sentimento avassalador, a jovem se perde do boy magia e volta para o hotel bebassa, drogada e com poucas horas para mais diversão antes da reunião com o cliente.

Nas pouco tempo que lhe resta na Espanha, as três pegam um avião para Ibiza para reencontrar Leo.

A aventura começa

Nessa jornada, elas conhecem um time de futebol inglês, caem na farra com a galera, Nikki reencontra seu DJ e tenta entender o que está acontecendo entre os dois. Após uma noite de luxuria, ela perde a reunião e volta para Nova Iorque sem emprego e sem o crush.

O que acontece em Ibiza, fica em Ibiza…

O longa não tem uma grande reviravolta. A diversão é que embala esta comédia romântica real e proporciona uma experiência de liberdade que muitas mulheres não vivem mais. O sexo casual, “correr” atrás de um homem por puro desejo, usar drogas sem pensar nas consequências fazem parte da aventura das três trintonas que revivem atitudes imaturas, típicas de adolescentes de vinte e poucos anos.

A trilha sonora e os ambientes de festa, o acesso ao considerado errado e a forma como cada uma se diverte com o sexo oposto ganham a tela entretendo e mostrando que a vida curta, que deve ser vivida e que nenhum celular ou selfie registra os melhores momentos da sua vida.

Ibiza – Tudo Pelo DJ é uma delicia de ser visto e revisto, dá vontade de aproveitar mais a vida e certamente reacende a vontade de se apaixonar loucamente com um prazo de validade.

O longa também brinca com elementos dos dias de hoje como ser workholic, feminista e viciada em redes sociais. Mesmo os “nudes” estarem presentes no filme, elas vivem essa catarse da vida urbana para viver algo mais surreal e extraordinário. Saem de lado as exigências da vida adulta e moderna e entram a liberdade de expressão e sexual.

Certamente um filme que merece ser visto por todas as mulheres e aproveitado da melhor forma possível: esquecendo a vida real.

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Nota
8.3
Nota
O bom
  • As personagens são super carismáticas
  • Quem nunca se apaixonou no primeiro encontro, que atire a primeira pedra!
O ruim
  • O final não é o que você espera. O que é um ponto ruim e legal ao mesmo tempo....
  • Direção
    8
  • Elenco
    10
  • Produção / Fotografia
    7.5
  • Trilha Sonora e Figurino
    7.5
Categorias
CriticasFilmes

Ver também