CRÍTICA | Mistério no Mediterrâneo - Maior audiência na Netflix

CRÍTICA | Mistério no Mediterrâneo – Maior audiência na Netflix

Quem diria que Adam Sandler e Jennifer Aniston teriam química ainda....

Mistério no Mediterrâneo é um dos filmes mais assistidos na Netflix

Quanto mais se fala de Adam Sandler, especialmente seus críticos mais fiéis, mais ele parece se consagrar no gênero que abraçou como carreira, a comédia. Seu mais recente sucesso conta com um toque de suspense, Mistério no Mediterrâneo, que faz parte do acordo (milionário) que fechou com a Netflix. Um acordo que, pelo resultado, deve durar muitos anos. Sandler, que tem um carinho especial pelo público brasileiro, trabalha novamente com Jennifer Aniston, com que fez em 2011, a comédia Esposa de Mentirinha, refilmagem da comédia Flor de Cacto (1969), com Wather Matthau, Ingrid Bergman e Goldie Hawn.

Mistério no Mediterrâneo a história

Quando estão para celebrar 15 anos de casado, o guarda Nick (Adam) esconde de sua esposa Audrey (Jennifer), que não passou no exame da Polícia de Nova York para o cargo de detetive. Prestes a fazer uma besteira para comemorar as Bodas de Cristal, Nick descobre que o sonho da esposa é viajar para a Europa. Claro, ele não tem a grana, mas não pode revelar a mentira para Audrey. Durante a viagem, Audrey acaba conhecendo o visconde Charles Cavendish (Luke Evans, de O Alienista), que convida o casal para viajar pelo Mediterrâneo.

Sim, tem piadas de referência de Proposta Indecente, mas só para criar o clima de desconfiança na viagem. Charles quer infernizar a vida do tio (Terence Stamp, de Super-Homem), que lhe roubou a noiva. À noite, no salão principal do iate, Nick e Audrey conhecem os outros ilustres passageiros, incluindo o bilionário Tio de Charles. E aí, tudo vira de ponta cabeça.

O Tio é assassinado e o casal de americanos acaba na lista dos mais procurados da Interpol. Além de novos corpos que vão aparecendo na história, existem momentos hilariantes durante a tentativa de investigar o caso por conta própria. E, claro, tudo vai ficando cada vez mais complicado para eles.

A comédia de Adam Sandler

Independente do que os críticos falam, Adam Sandler domina esse estilo meio bronco de comédia, onde o personagem geralmente não é totalmente esperto mas tem boas sacadas para se livrar das frias.

O mais interessante é que novamente a química entre Sandler e Aniston funciona muito bem. Os dois parecem antecipar as frases que cada um vai falar que vai muito além de um bom ensaio. Junte a isso, um visual muito bem capturado da famosa Cote D’Azur, com uma pela passagem pela pista de corrida de Mônaco.

Vale a pena?

Mistério no Mediterrâneo é uma boa comédia, bom elenco e bom entrosamento do casal principal, são a referência para um sucesso. Sucesso esse, registrado no primeiro final de semana pela Netflix, com mais de 30 milhões de acessos únicos no final de semana de estreia, sendo que 13 foram feitos pelos assinantes dos EUA e Canadá, e os outros pelo resto do mundo, incluindo o Brasil, claro.

Comente via Facebook!
Nota:
9.3
Nota:
O bom
  • Adam Sandler e Jennifer Aniston deveriam fazer novos filmes, ficaram muito bem juntos.
  • A produção viajou pela Europa e registrou muito bem isso na história.
  • Tem mistério e boas piadas bem colocadas, sem exageros.
O ruim
  • Outro sucesso de “bilheteria” da Netflix.
  • Direção
    9
  • Elenco
    9
  • Roteiro
    9
  • Produção / Fotografia
    10
Categorias
CriticasFilmes

Ver também