Os incríveis 2 crítica

CRÍTICA | Os Incríveis 2 é duplamente incrível

Gente, que animação fantástica!

Os Incríveis 2 chega aos cinemas com uma aventura…Incrível!

UAU! 14 anos se passaram e chegou a hora, finalmente, de sabermos o que acontece com a família Pêra. Os Incríveis 2 chega nos cinemas dia 28 de junho com mais uma aventura eletrizante.

14 anos de espera, mas a história não deu um salto no tempo…

Os Incríveis 2 começa no ataque fina do primeiro filme. Sr. Incrível, e toda família, partem para o ataque contra o Escavador, tentando desviar seu grande maquinário do banco central. Além de querer roubar o dinheiro, ele ainda consegue causar uma enorme destruição na cidade.

O problema é que o Sr. Incrível também garante parte dessa destruição. Além do vilão não ser capturado, o dinheiro ser roubado e várias pessoas serem salvas, prédios e estruturas estão abaladas por que “sutileza” não combina com o chefe dessa família – ou seus superpoderes.

Apesar disso, a cidade se posiciona ao lado dos heróis e ressurge uma faísca de esperança de que eles sejam novamente “legalizados” pelo governo. Surgem então Winston Deavor e sua irmã Evelyn Deavor, dois bilionários que herdaram a herança do papai e que aprovam a intervenção dos heróis em situações de risco.

Eles resolvem criar uma forma de colocar a Mulher Elástica em evidência, como uma ferramenta de “pressão” no governo para que os heróis possam voltar à ativa. Como o Sr. Incrível não sabe defender nada sem quebrar algo, Roberto vira babá das crianças enquanto Helena vai para as ruas se divertir e bater em vilões.

Hipnotizador

Mulher Elástica está curtindo a repaginada: ela ganha um novo uniforme, uma moto, tem vários acessórios tecnológicos e se diverte em happy hours com outros heróis. Enquanto isso, Beto enfrenta Violeta no auge da aborrescência, Flecha querendo ser mais herói do que menino, e os 17 poderes de Zezé.

Pois é, o adorável bebê vira uma tormenta dentro da casa dos Pêra, mas Beto vai dar um jeitinho na criança com a ajuda de uma grande e antiga amiga, Edna Mode.

Enquanto isso, o Hipnotizador aparece para transformar a boa vida de Helena em um verdadeiro inferno! A Mulher Elástica não dará conta e Gelado e a família Incrível precisam dar um jeito de trabalharem juntos sem destruir muitas partes da cidade.

A história é simples, mas a jornada de cara herói é surpreendente.

Os Incríveis são incríveis

O longa não tem um enredo difícil, chega até ser previsível, aqui o que vale é a imersão os poderes de cada herói. A forma como Zezé é apresentado garante uma das melhores e mais engraçadas cenas de luta que você já pensou em assistir no cinema. E isso inclui a participação de um guaxinim – o que nos leva a pensar no Rocket o tempo todo.

Descobrimos também que Violeta detém uma força descomunal, talvez sendo uma das mais poderosas. Mas Flecha também tem seus momentos. Gelado e Sr. Incrível ficam boquiabertos com o que Beto tem em casa, mas tudo isso será usado – muito bem por sinal – quando forem encarar o Hipnotizador.

O longa é eletrizante. Não perde o fôlego em momento algum e é nítido que seus criadores pensaram em cada minuto desse roteiro. A originalidade e diversão tomam conta de cada cena. Tudo foi pensado: na forma como os heróis vão agira à cenas de ação. Apesar do enredo simplista, são as situações criadas em Os Incríveis 2 que impressionam.

Todos os personagens têm seus momentos e, atrelado a isso, os dilemas de heróis x governo – algo que já conhecemos em Capitão América – Guerra Civil, ganha uma nova abordagem com embasamento.

Vale a pena?

MUITO! Pelo amor de Odin, corram para o cinema. Esta continuação supera o primeiro longa sem a menor dúvida. É encantadora a dinâmica da família Pêra e todo o universo criado em Os Incríveis 2 é carismático, interessante e memorável.

No primeiro filme temos uma mensagem de fundo bem perturbadora, sobre pessoas normais não serem especiais por não terem poderes. Aqui isso retorna com uma grande virada e resposta. Sim, é incrível.

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

10
O bom
  • Sr. Incrível de babá reflete o que muitos pais devem passar com as crianças quando as mães se ausentam.
  • Zezé, apesar dos poderes, é um bebê "normal"....rs
  • Gelado ganha mais destaque!
  • EDNAAAAA É A MELHOR PERSONAGEM!
O ruim
  • Dublagem nacional decepciona com "brasileirices" desnecessárias, mas nada que atrapalhe no final.
  • Direção
    10
  • Personagens
    10
  • Roteiro
    10
  • Produção / Animação
    10
Categorias
CriticasFilmes

Ver também