Pacto de Sangue série SPACE

CRÍTICA | Pacto de Sangue chega no SPACE com trama intrigante

Belém é palco desta série envolvente

Pacto de Sangue chega no canal SPACE com emoções extremas de verdade

Vamos viajar para Belém do Pará com Pacto de Sangue, a série que explora jornalismo sensacionalista e eventos sobrenaturais locais. Um apresentador de TV inescrupuloso fará de tudo para alcançar o sucesso em cima de uma investigação que envolve tráfico de drogas, de mulheres, tortura e estranhos rituais religiosos. Uma corrida contra o tempo entre policia, bandidos e imprensa.

Pacto de Sangue episódio 1

No primeiro episódio conhecemos Silas (Guilherme Fontes) e Edinho (Adriano Garib), dois irmãos paraenses que levam vidas distintas. Enquanto Silas quer um lugar na TV como uma jornalista sensacionalista, Edinho encaminha o irmão em uma investigação que envolve um traficante local. Sua postura nos leva a crer que ele é um policial aposentado.

No dia da gravação, um ataque no meio da favela coloca Silas e sua equipe em perigo. A matéria é registrada e levada para canal aberto com toda apresentação exagerada necessária. Enquanto isso, o policial Roberto Moreira (Ravel Cabral) não tem sido um bom profissional e é “punido”, ainda em São Paulo, a investigar os desaparecimentos de jovens que não tiveram seus sumiços resolvidos.

As tramas de Silas, Edinho e Roberto Moreira são conectadas por meio de uma espécie de ritual xamânico em Belém e que, certamente, também tem ligação com o tráfico de drogas e de mulheres. O enredo é inspirado em fatos reais e leva a audiência uma premissa intrigante, violenta e extremamente envolvente. Pacto de Sangue chega no canal SPACE com potencial de ser uma produção memorável.

O que mais sabemos dessa história…

Pacto de Sangue estreia dia 27 de agosto, às 22h30 no Canal SPACE com episódio duplo. Ao longo de oito episódios, saberemos mais deste macabro ritual comandado pelo traficante de drogas Truco (Jonathan Haagenssen) e que conta com a estranha presença de Gringa (Mel Lisboa), a líder do tráfico de mulheres.

Os misteriosos casos serão investigados pelo delegado da cidade (João Signorelli) com Moreira e Soares (André Ramiro) em campo. Temos também Mauro (Paulo Miklos) que é um policial que recebe propina de Truco e leva para Edinho.

Para complementar essa história, o ambicioso Silas é um jornalista capaz de fazer qualquer por audiência e sua vida particular está uma verdadeira bagunça. Cego pelo sucesso, sua filha está internada em uma clínica de reabilitação como forma de manter a jovem longe dos radares daqueles que passarem a conhecer Silas por sua profissão.

Este pai de família e jornalista manipula a ponta do iceberg dessa investigação que começou com o ataque na favela. Pacto de Sangue tem uma trama complexa com elementos locais de Belém que trarão tensão e revolta aos telespectadores, além de um tom crítico sobre as verdadeiras intenções da policia e da imprensa.

Vale a pena?

Conferimos apenas o primeiro episódio e garantimos: Pacto de Sangue é uma produção nacional de qualidade internacional que vem para marcar a história de séries investigativas produzidas no Brasil.

Confira nossa entrevista com o elenco e não perca a estreia de Pacto de Sangue no SPACE.

Küsses,

Comente via Facebook!

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

10
O bom
  • O elenco é extraordinário
  • A forma como a trama é apresentada no primeiro episódio é de tirar o fôlego
  • Jornalismo sensacionalista é bem representado, rola uma crítica forte ao gênero
O ruim
  • Não tem"
  • Direção
    10
  • Roteiro
    10
  • Elenco
    10
  • Produção/ Fotografia
    10
Categorias
CríticasSéries

Ver também