[CRÍTICA] Penny Dreadful – 2ª Temporada – Ep. The Nightcomers

Novo episódio de Penny Dreadful conta um pouco mais sobre a saga de Vanessa. E arrasa! Em The Nightcomers, Penny Dreadful foca em Vanessa e em sua busca para...

Novo episódio de Penny Dreadful conta um pouco mais sobre a saga de Vanessa.
E arrasa!

Em The Nightcomers, Penny Dreadful foca em Vanessa e em sua busca para entender quem é e o que pode fazer. E sinceramente? O EPISÓDIO FOI GENIAL! Fotografia arrasou, Eva Green voltou com tudo, com uma interpretação digna da primeira temporada. Até agora suas expressões de sofrimento davam cãibras no espectador, mas em The Nightcomers seu retorno é memorável.

© 2015 SHOWTIME

Tentando explicar para Ethan o motivo de ser assombrada e perseguida por bruxas, Vanessa conta como foi procurar uma bruxa, a Madame Corte (Patti LuPone), antes dos acontecimentos da 1ª temporada. A Sta. Ives esteve nos confins de uma cidade bem isolada e sem nada atrás de respostas, achou mais do que gostaria. Patti está ótima como Madame Corte, uma bruxa endurecida pelo sofrimento que começa a ensinar a Vanessa mais sobre ela mesma.

© 2015 SHOWTIME

E em uma cabana abandonada, com aquele clima chuvoso típico da Inglaterra, finalmente explicam um pouco mais sobre a obsessão de Madame Kali (McCrory) por Vanessa, além de entrelaçar um pouco a história toda. Se antes Mina parece ter sido usada para atrair Vanessa para um ser das trevas, agora a vez é de Evelyn finalmente colocar a mão na massa.

É difícil escrever sem dar spoilers, então, fique avisado: a partir de agora podem ter detalhes do episódio.

Dá a entender que Vanessa seja uma bruxa muito desejada pelo Senhor das Trevas. Desde o começo o intuito era pegá-la e usaram Mina como isca. Mas não deu certo. Só que essa não foi a primeira tentativa de laçar a menina. Em The Nightcomers o coven de Madame Kali tenta convencer Madame Corte a entregar Vanessa. Muito esperta, escondeu seu rosto da nossa sofredora número um, então é óbvio que Vanessa não iria reconhecê-la quando finalmente aparece naquela sessão espírita feat invocação do mal. Nesse episódio Evely Poole coloca a cidade toda contra Madame Corte e Vanessa em um final dolorido e difícil de engolir, mas já explica o motivo de Vanessa falar no começo que essa era uma batalha dela e somente ela poderia se ajudar.

penny-dreadful-segunda-temporada-episodio-the-nightcomers-critica-03

© 2015 SHOWTIME

Ah, e explica de onde saiu o famoso tarô que a personagem tanto lê no começo das aventuras. Alguém mais estava sentindo falta dele?

A temporada começa a se delinear e confirma o enredo cercado por bruxas. Eva Green prova que ela é a verdadeira protagonista do seriado, não pela personagem em si, mas pela sua atuação magistral e dá um tapa na cara do resto do povo, já que o elenco é predominantemente masculino. Dá-lhe mulherada!!

Mais um episódio sem o Dorian Grey e ele não fez falta alguma. Gente, cortem ele de vez! Está ficando chato! E porfa, vamos desenvolver a transformação do Ethan? Já demorou!

Até a próxima!

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Críticas

Ver também