CRÍTICA | PSI | Terceira temporada em nova estrutura e muito mais intensa

De volta ao Divã Carlo Antonini não é um terapeuta convencional. Mesmo formado em Psicologia, Psiquiatria e Psicoterapia, ele sempre acha espaço para se envolver com seus pacientes para...

De volta ao Divã

Carlo Antonini não é um terapeuta convencional. Mesmo formado em Psicologia, Psiquiatria e Psicoterapia, ele sempre acha espaço para se envolver com seus pacientes para ajudá-los a resolver seus traumas e medos. Agora, contudo, seus casos estão cada vez mais complexos, com pacientes que estão em busca muito mais de uma definição de seus futuros do que simplesmente um “cura”.

E é o desafio do desconhecido que move a personagem principal da série Psi, interpretado por Emilio de Melo. Carlo é o alterego de Contardo Caligaris, profissional da área de Psicologia e autor de vários livros da área, mas que se aventurou na ficção criando esse personagem numa série de história, agora transpostas para a telinha na produção original da HBO, PSI.

Nessa é a terceira temporada de Psi, a estrutura da série foi modificada para dar mais espaço para os casos em que Carlo está trabalhando. Na realidade, cada caso foi dividido em dois episódios que, se unidos, formam um longa metragem feito para a TV. A ideia, segundo os produtores e o próprio Caligaris, era dar mais profundidade a cada história, uma vez que Carlo já passou duas temporadas mostrando seu estilo de trabalho. O primeiro episódio, por exemplo, Carlo trabalha com uma jovem adolescente que tem uma doença terminal e pensa em suicídio assistido.

São dez episódios com cinco histórias densas e muito trabalhadas para que o público tenha um envolvimento mais emocional. Ou seja, é bom deixar uma caixa de lenços de papel do lado do sofá…

PSI chegou na HBO no dia 9 de abril, não deixe de conferir.

Comente via Facebook!

Autor de dois livros, um sobre Série e outro sobre Desenhos Animados, Paulo Gustavo Pereira é jornalista há 34 anos, tem uma vasta experiência em reportagens, é editor-chefe do site BesTV e fã de carteirinha de Jornada nas Estrelas. Aqui na Freakpop, Gus – para os mais íntimos – dará muitas dicas bacanas sobre séries.

Categorias
Críticas

Ver também