CRÍTICA | Prepare-se para amar George, o Gorila gigante de Rampage

RAMPAGE – Destruição Total é uma aventura divertidíssima Rampage – Destruição Total é o novo longa com Dwayne “The Rock” Johnson baseado no game lançado na década de 80....
Rampage - Destruição Total critica

RAMPAGE – Destruição Total
é uma aventura divertidíssima

Rampage – Destruição Total é o novo longa com Dwayne “The Rock” Johnson baseado no game lançado na década de 80. Monstros gigantes atacam Chicago e uma empresa de tecnologia biológica, extremamente mal intencionada, só quer saber de ganhar mais alguns bilhões de Trumps. Prepare-se para uma aventura épica com batalhas entre criaturas enormes, prédios sendo destruídos e você agradecendo por Nova Iorque não ser o palco desta bagunça toda.

Oremos por um filme de destruição em massa que não explode a Grand Station de Nova York.

Cena de Armageddon (1998) quando um meteoro explode a Grand Station. Nós vamos listar todos os filmes que explodem a estação de NY. Podexá!

Entenda o universo dos games de Rampage

RAMPAGE o Filme

Uma empresa de tecnologia biológica desenvolve uma forma de manipular DNA e cria um material que transforma o seu ratinho de estimação na versão maligna do Mestre Splinter. Para manter a descoberta bem longe da terra, uma equipe é enviada para uma base no espaço, onde são massacrados pelo roedor.

Uma das cientistas consegue fugir, mas sua cápsula explode ao entrar em órbita na terra, fazendo com o que três amostragens do material sejam lançados nos solos dos Estados Unidos, afetando um Gorila, um Crocodilo e um Lobo.

E assim começa a confusão…

The Rock é especialista em Primatas

Enquanto isso, em uma área de proteção aos animais, The Rock é Davis, um ex-militar, especialista em primatas, com um conhecimento em armas, luta corpo a corpo e helicópteros, de coração puro e desejado pelas mulheres por que…SIM. Ele é um ex viajante e pesquisador das espécies e, em um dos seus rolês, resgata George, um Gorila Albino que é tratado como seu pet.

George vira um super gorila

Afetado pela química dessa amostragem, George deixa de ser um animal de estimação dócil e se transforma em um King Kong branco com força suficiente para derrubar um prédio. Além disso, o Lobo e o Crocodilo também crescem e Claire Wyden (Malin Akerman), dona da empresa que detém o controle das pesquisas, prepara uma antena que emite uma onda sonora que atrai os animais para Chicago.

E assim continua a confusão…

Chegou a hora da Destruição Total

Com os animais se aproximando da cidade, o exército americano e o FBI entram em ação. Surge então o Agente Russef (Jeffrey Dean Morgan), um caipira sulista de índole duvidável que vai “ajudar” Davis e a Dra. Kate Caldwell (Naomie Harris), a única mulher que pode dar o antídoto para os gigantes monstros.

Com a confusão plantada, Chicago precisa ser evacuada e Dwayne “The Rock” Johnson prepara seus muques para dar muita porrada.

E assim começa a diversão…

Rampage é épico!

Depois de Jurassic Park, Jurassic World, Godzilla e, em breve, Megatubarão o entretenimento segue investindo nos blockbusters de monstros gigantes e Rampage – Destruição Total entra para a lista com um dos melhores longas, principalmente por que o filme não se leva à sério, diferente dos demais citados. Aqui a comédia é escancarada. Algo como JUMANJI, também protagonizado por The Rock.

Davis & George, #BestFriends4Ever

Não estamos nem aí para o fato de Davis ser um super ex-soldado, charmoso, fãs de primatas e solteirão, mas ver este conjunto da obra sendo zoado por George, já que eles conversam pela linguagem de sinais, não tem preço! George é um dos monstros gigantes mais adoráveis que levaram para as telonas. E olha que no primeiro Planeta dos Macacos, da franquia nova, nos apaixonamos pelo relacionamento amoroso entre James Franco e Cesar.

O mais legal de Rampage é que, coincidência ou não, o longa resgata o lado cômico do relacionamento de um humano com um animal inteligente como vimos em George O Rei da Floresta (1997).

Rampage - Destruição Total gif

George e Davis! s2

Todo lance biológico, base no espaço, exercito x FBI, super vilã egocêntrica sem motivo algum são aparatos para o que a gente realmente quer ver: monstros gigantes brigando!

GORILA X LOBO X CROCODILO

Uma boa surpresa em Rampage – Destruição Total é a pancadaria. Os animais são super bem feitos e o CGI do filme proporciona ótimas cenas de ação! Ver os três animais destruindo Chicago e, em algum momento, se enfrentando, é mais radical do que o T-Rex enfrentando outro T-Rex geneticamente mutado. Boa sorte Universal Pictures.

A Destruição é realmente em Total

O diretor Brad Peyton (Terremoto – A Falha de San Andreas) fez a lição de casa. Ele pegou o melhor das batalhas de criaturas gigantes e levou para Rampage. As situações são empolgantes, alguns personagens ganham um final tragicômico, o Lobo parece ter tomado o soro do Capitão América e o Crocodilo gigante é o pior do seu pesadelo. Toma essa Círculo de Fogo, o The Rock nem precisa de um robô gigante!

Brincadeiras a parte, o ponto é: Rampage – Destruição Total é divertido pra caramba! Entretenimento puro! Junte a família e amigos, prepare aquele baldão de pipoca e corra para o cinema. Telas IMAX, salas 4D, XD, o que você quiser. Quanto maior a tela, maior a destruição.

Ah, e vale ressaltar que esta adaptação é uma das melhores em termos de fidelidade com games. Transformando Assassin’s Creed, Tomb Raider – A Origem, Pixels e Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos como meras lembranças ruins em nossas memórias…

Vale a pena?

Já queremos uma continuação de Rampage e um filme solo de Davis e George em uma tarde de amigos. Isso sim seria um spinoff perturbador. Não entendeu? Rampage – Destruição Total estreia dia 12 de abril nos cinemas.

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
CriticasFilmes

Ver também