[CRÍTICA] The Flash – Temporada 01 – Ep. 21 – Grodd Lives

Em The Flash: Macacos me mordam! The Flash continua sua desperada busca por Harrison Wells / Eobard Thawne / Flash Reverso, que não só sumiu do radar mas também...

Em The Flash: Macacos me mordam!

The Flash continua sua desperada busca por Harrison Wells / Eobard Thawne / Flash Reverso, que não só sumiu do radar mas também arrastou Eddie junto para o seu esconderijo / covil de tortura psicológica. Só que mais importante, é o episódio que todos estamos esperando desde aquela rápida cena de uma gaiola destruída com GRODD escrito.

Claro que antes de partir pra macaquice, existe o gorila branco na sala. Afinal, finalmente Iris descobre que Barry é o The Flash, e por sorte, o STAR Labs é o único laboratório cheio de criminosos meta-humanos, armas de destruição em massa e identidades secretas de super heróis que NUNCA tranca a maldita porta. Por um lado, é refrescante tirar Iris do papel de vítima em apuros e deixa-la afirmar sua própria personalidade e falar na cara de Barry e Joe que ela não precisa de ninguém protegendo-a. Por outro lado, como sempre, o que afeta a qualidade da personagem são os momentos que ela decide pular na história. Afinal, com tudo rolando, ela realmente não pode esperar um pouco antes de reclamar da vida?

Mas enfim, vamos ao que interessa. Grodd trabalha para Wells e apesar do orçamento limitado da série, a ideia de usar o esgoto como seu covil funciona muito bem para manter o gorilão nas sombras e sua presença constante apesar de não sempre vista. O episódio de fato começa com um misterioso terrorista máscarado roubando… carros fortes, que descobrimos que na verdade é o General Eiling, a primeira vítima de Grodd na série. Aqui, sob total controle hipnótico. Caitlin e Cisco magicamente lembram de um gorila que foi usado para pesquisas de super soldados (DC melhor que Marvel). O Gorilão tenta derrotar Barry sobrecarregando sua mente com imagens traumáticas de seu tempo como cobaia de super soldado (de novo, porque DC é melhor que Marvel). É meio cafona, mas Barry só consegue se livrar da influência psíquica quando escuta a voz de Iris.

the-flash-primeira-temporada-episodio-21-grodd-lives-critica-03

Porque amor é importante e tals…

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também