CRÍTICA | Vida – Alienígenas assassinos, zero gravidade e muito terror

Vida remete à Alien – O Oitavo Passageiro, mas tem personalidade própria Em Vida, um grupo de astronautas sexy estão abordo da Estação Espacial Internacional e recebem amostras do solo...
Vida

Vida remete à Alien – O Oitavo Passageiro,
mas tem personalidade própria

Em Vida, um grupo de astronautas sexy estão abordo da Estação Espacial Internacional e recebem amostras do solo de Marte para análise. Em meio aos punhados de terra, encontram um organismo unicelular. Batizado de Calvin, a criatura começa a crescer dentro de condições atmosféricas corretas…

e a matar todos os astronautas sensuais a bordo (Ryan Reynolds, Jake Gyllenhaal e Rebecca Ferguson).

Uma casa mal assombrada no espaço

Os corredores claustrofóbicos da estação espacial, a falta de gravidade e os recursos limitados criam uma tensão única em Vida. Os astronautas precisam sobreviver sem comunicações, armas ou até mesmo a capacidade de correr enquanto o ETzão os persegue. Sim, o longa lembra bastante Alien – O Oitavo Passageiro, mas não vá pensando que é apenas uma cópia barata. Vida tem sua própria personalidade, uma direção extremamente competente e um elenco carismático que traz um realismo visceral enquanto esperam virar a próxima refeição de Calvin.

Realismo e terror

Apesar da premissa fantasiosa, existem elementos realistas suficientes no filme que ajudam a deixar a experiência mais assustadora. Calvin genuinamente parece um organismo real e a física de um ambiente sem gravidade é bastante convincente (como aquele filme da Sandra Bullock cujo nome não recordamos no momento).

É um filme completamente original? Claro que não. O fato que ele relembra filmes famosos e clássicos atrapalha a experiência? Também não. Vale lembrar que Vida, é um filme de terror, um gênero que tende a repetir exaustivamente uma ideia, sempre aprimorando ou trazendo uma observação nova ao conceito (tente contar quantos slashers existem por aí).

Se você é fã de monstrengos indestrutíveis com sede de sangue, ambientes onde ninguém vai ouvir os gritos das pobres vítimas e perseguições paranoicas em ambientes claustrofóbicos, Vida é altamente recomendado.

E ei, já falamos que o elenco é sexy?

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Criticas

Ver também