Vingadores: Ultimato é a mais recente aventura do Universo Cinematográfico Marvel e prepare-se para se surpreender. Crítica 100% sem spoilers!

CRÍTICA | Vingadores: Ultimato

Que filme!

Além de ambicioso, Vingadores: Ultimato é uma jornada pelos últimos 11 anos de Marvel Studios

Não se preocupem! Não vamos falar absolutamente nada sobre Vingadores: Ultimato que possa constituir um spoiler. Vamos apenas falar nas mais gerais das linhas o que foi esta experiência tão única e cheia de surpresas em um universo cinematográfico que, francamente, achávamos que já tínhamos o mapa completo das minas.

Vingadores: Ultimato (o que podemos contar, o que é muito pouco)

A única coisa que pode ser dita que não constitui um spoiler é que, o grupo de personagens remanescentes descobrem a possibilidade de salvar o universo e reverter a situação que Thanos causou. E juntos, eles tentarão resolver isso. Vago né? Bom, spoilerfobia virou um caso sério…

Uma jornada pelo Universo Cinematográfico Marvel

Parte do complexo plano envolve revisitar locais onde as Jóias do Infinito já estiveram presentes. Isto oferece aos fãs uma riquíssima excursão por grandes momentos da história do Universo Cinematográfico Marvel. As três horas do filme são bem recheadas de referências tantos de filmes passados quanto sagas consagradas dos quadrinhos que, de um jeito bem sorrateiro, dão um jeito de salpicar o roteiro com easter eggs bem colocados.

E extremamente épico

Para um filme da saga Vingadores, Vingadores: Ultimato tem mais interesse na narrativa do que em cenas bombásticas de ação. A escala do filme, pelo menos até o desfecho épico esperado, é relativamente pequena. A missão é imensa, mas a forma como a aventura se configura, o roteiro se sustenta por pequenas interações entre os personagens, de longe o ponto mais alto de toda a franquia.

E finalmente, quando chega aquele momento do grande set do terceiro ato, nada até hoje na franquia chegou perto da escala e ambição. É um desfecho perfeito para uma saga cinematográfica que revolucionou o cinema e conquistou legiões de fãs mundo a fora.

A direção dos irmãos Russo está bastante afiada e inovadora, trazendo sacadas de filmagem que deixam o filme extremamente rico. O visual dos personagens, alguns que vão te pegar completamente de surpresa, também é bem criativo. Mas o que realmente surpreende são as inúmeras reviravoltas da trama e um roteiro que, longe da fórmula batida do Universo Cinematográfico Marvel, traz uma história genuinamente difícil de prever onde querem chegar.

No fim

É impossível abordar mais do filme sem revelar algo marcante do longa. Naturalmente, é uma experiência única e marcante. Muito mais ambiciosa que o filme anterior da saga e oferecendo algo que não esperamos muito de filmes da Marvel: o elemento da surpresa. Você vai rir, você vai chorar, você vai se impressionar, mas em 3 horas, raramente vai piscar.

Vingadores: Ultimato estreia dia 25 de Abril nos cinemas brasileiros.

Até a próxima!

Comente via Facebook!
Nota
10
Nota
O bom
  • Tudo. Simplesmente tudo.
O ruim
  • Prepare-se para passar dificuldades e apertos emocionais.
  • Direção
    10
  • Roteiro
    10
  • Elenco
    10
  • Enredo
    10
Categorias
CriticasFilmes

Ver também