[CRÍTICA] Virei um Gato – Kevin Spacey em uma comédia para a família

Kevin Spacey enfrenta as dificuldades de ser um felino em Virei um Gato Você tem ideia de como é difícil ser um gato? A comida é estranha, os humanos...

Kevin Spacey enfrenta as dificuldades de ser um felino em Virei um Gato

virei-um-gato-nine-lives-kevin-spacey-3Você tem ideia de como é difícil ser um gato? A comida é estranha, os humanos são estranhos e esse negócio de areia é algo bem… Estranho! Na comédia Virei um Gato acompanhamos a história de Tom Brand (Kevin Spacey), um milionário pai de família que adora uma adrenalina, é audacioso com seus negócios e muito, mas muito ganancioso. Por estar 100% envolvido com um novo projeto, Tom não tem dado muita atenção em casa. Sua filha está prestes a fazer aniversário e tudo o que ela quer é um gato. Relutante, Brand não só compra um gato como ele se “transforma” nele. Preso no corpo do felino, ele terá que tomar decisões difíceis para se redimir com sua esposa Lara Brand (Jennifer Garner) e seu filho mais velho David (Robbie Amell).

Com uma premissa simples, efeitos especiais bem apresentados e uma seleção de gatos altamente treinados, Virei um Gato é uma comédia familiar que certamente encantará as crianças. Esqueçam grandes reviravoltas ou um roteiro surpreendente: o longa não tem essa pretensão e oferta 1h30 de clichês de redenção, relacionamento familiar e superação. Virei um Gato é um filme para as crianças rirem das artimanhas felinas e ouvir Kevin Spacey dublando um gatinho fofo. Uma oportunidade engraçada para os fãs de House of Cards.

O longa, distribuído pela Diamond Films aqui no Brasil, estreia no dia 08 de setembro e merece ser encarado como uma ótima oportunidade de entretenimento em família. As crianças, público real do filme, vão adorar!

Dirigido por Barry Sonnenfeld (Família Addams (1991) e Família Addams 2 (1993)), o elenco ainda conta com Christopher Walken como Felix Perkins, um misterioso encantador de gatos; Cheryl Hines como Madison Camden, a ex-esposa de Brand e amiga de Lara; Mark Cosuelos como Ian Cox e adorável Malina Weissman como a filha de Brand, Rebecca.

Confira o trailer de Virei um Gato e boa diversão!

Küsses

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Criticas

Ver também