[CRÍTICA] Wet Hot American Summer: First Day of Camp

Wet Hot American Summer: First Day of Camp Show me the fever, Into the fire, Taking it Higher and Higher! Apesar de pouco conhecido no Brasil, o filme Wet...

Wet Hot American Summer: First Day of Camp
Show me the fever, Into the fire, Taking it Higher and Higher!

Apesar de pouco conhecido no Brasil, o filme Wet Hot American Summer é um daqueles clássicos cult feito sob medida para fãs de comédias surreais e paródias que não estão muito preocupadas em ter nexo. O longe foi responsável pelo começo das carreiras de inúmeros comediantes renomados e foi um dos pioneiros do humor absurdo do Adult Swim e filmes do Adam McKay. Agora, graças a Netflix, estamos de volta no Camp Firewood para descobrir o que rolou no primeiro dia do acampamento no verão de 1981 em Wet Hot American Summer: First Day of Camp.

wet-hot-american-summer-02

Na pegada de filmes como Almôndegas de Bill Murray, Wet Hot American: First Day of Camp conta as aventuras de um acampamento judaico que como diz o título, acaba de iniciar suas atividades de verão. Os monitores do acampamento estão prontos para um verão repleto de novas experiências, romances e histórias para contar, o típico verão norte-americano adolescente com conspirações governamentais, assassinos do presidente, latas de vegetais mutantes e lixo tóxico.

wet-hot-american-summer-04

Os criadores Michael Showater e David Wain têm uma visão única ao pegar os infindáveis clichês de comédias da época, e personagens típicos, para levá-los a um novo nível de absurdismo. Boa parte do humor vem de explorar o quão absurdo tantas tramas manjadas seriam se todas rolassem no mesmo dia e em meio a um boa dose de total falta de nexo. Seria exaustivo listar tudo que rola na temporada em termos de cliché… então.,. prepare-se para ficar cansado:

– O bad boy com coração de ouro que tenta conquistar a garota popular.
– O pegador que na verdade é virgem e precisa perder a inocência.
– O acampamento dos riquinhos que tem uma rivalidade inexplicável com o acampamento principal.
– O rockstar genial e perturbado que se isola do mundo e se apaixona por uma jornalista.

Entre outros.

wet-hot-american-summer-03

O elenco é recheado de atores e comediantes familiares, alguns inclusive, que já são concorrentes ao Oscar® que voltaram para Wet Hot American Summer simplesmente para farrear e se divertir um pouco. Talvez o humor bizarro da série não agrade a todos, mas se você procura uma alternativa para a enxurrada de comédias descartáveis de sempre, Wet Hot American Summer: First Day of Camp e o longa metragem que antecede a série, podem ser para você.

wet-hot-american-summer-01

E ei, quantas vezes você terá a chance de ver o Christopher Meloni transando com uma geladeira?

E se você achar estranho que os personagens estão mais barrigudos e enrugados no primeiro dia do acampamento em relação ao último, não se preocupem, como diz Cooperberg, “Este verão será tão incrível que no final, todos estaremos 15 anos mais jovens”.

A série já está disponível na Netflix, são 8 episódio de 30 minutos cada.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também