Confira aqui a reestruturação da Disney América Latina com novas posições de fucionários após aquisição da 20th Century Fox.

Disney América Latina anuncia reestruturação de profissionais pós-Fox

Confira aqui a reestruturação da Disney América Latina com novas posições de fucionários após aquisição da 20th Century Fox....

A compra da Fox pela Disney continua gerando novas modificações na estrutura da empresa, tanto no Brasil como na América Latina.

Aos poucos e sem pressa, a The Walt Disney Company Latin America começa a ganhar forma por causa da reestruturação que está sendo feita após a compra da  20th Century Fox, por 71 bilhões de dólares. Além das áreas de produção, exibição e distribuição de cinema, a empresa anunciou a nova estrutura regional para os canais de TV, produções locais e venda de conteúdo.

O comando da área de Media Networks ficou à cargo de Fernando Barbosa, como  gerente geral. Fernando está na companhia há vários anos, trabalhando na venda de conteúdo da Disney para emissoras de TV, tanto abertas como por Assinatura. Fernando será o responsável por integrar essas áreas que serviam tanto na Disney quanto à Fox, no passado.

“Devemos trabalhar de mãos dadas para garantir que o conteúdo de alta qualidade que oferecemos como Companhia funcione efetivamente em nossas plataformas, mas, também, possa prosperar em outras plataformas não competitivas, quando apropriado. Estamos construindo uma organização em que todos possam trabalhar juntos no cumprimento de nossas metas comuns e que os obstáculos nunca sejam um problema que não possamos resolver trabalhando em colaboração”, afirmou Fernando Barbosa.

Agora, conheça os nomes que serão os responsáveis pela nova unidade de negócios “Canais Familiares/Produções Locais e Vendas de Conteúdos”, que se reportam diretamente a Fernando Barbosa:

Leonardo Aranguibel, Líder de “General Entertainment Productions”, responsável por tarefas funcionais, criativas e de coordenação nas produções de Entretenimento Geral e da Nat Geo. Leonardo tem uma ampla trajetória dentro da The Walt Disney Company na América Latina.

Clara Carpinacci, Líder de “Programming for Disney Linear Services”, vem da Disney e é responsável por liderar a programação dos serviços lineares da marca Disney.

Javier Castany, Líder de “Kids & Family Productions”, responsável pela coordenação dos esforços de produções dos canais da Disney. Castany já era parte da Companhia.

Darío Coronel, Líder de “Talent Relations & Casting”, responsável pela gestão de nossos talentos de produções originais da marca Disney, em todas as suas atividades de In-Home. Darío lidera a equipe de casting de toda a região para a Disney há 8 anos

Agustina Dompe, Líder de “Acquisitions for Disney Branded Services”,  já fazia parte da Companhia e agora está encarregada de liderar as aquisições para nossos serviços da marca Disney.

Cecília Mendonça, Líder de “Disney Branded Content Development”, responsável por liderar o negócio de desenvolvimento dos conteúdos da marca Disney, possui ampla trajetória na The Walt Disney Company na América Latina.

Mariana Pérez, Líder de “General Entertainment Production”,  tem um papel chave na liderança da produção de Entretenimento Geral e se junta à Companhia vinda da Fox América Latina.

Henri Ringel, Líder de “Content Sales”, responsável por liderar a divisão de vendas de conteúdo e contribuir para a estratégia comercial em geral. Ele já era parte do time Disney.

Fernando Semenzato, Líder de “Nat Geo & Nat Geo Kids Production”, responsável por liderar os esforços de produção da Nat Geo e da Nat Geo Kids, juntando-se à equipe vindo da Fox.

A The Disney Company Latin America deve anunciar em breve a organização do restante do negócio de Media Networks, liderados por Carlos Martínez, General Manager Media Networks, Norte e Brasil, e Guillermo Tabanera, General Manager Media Networks, Sul e Caribe; ambos responsáveis pelas vendas afiliadas e publicitárias de todos os canais operados pela Companhia, assim como programação dos canais de Entretenimento Geral e de Esportes e produção dos conteúdos de Esportes.

Na prática, os canais de TV administrados por Fox e Disney, por exemplo, serão restruturados para ganhar mais agilidade, interação entre as áreas comuns e, claro otimizar custos. É claro que isso pode interferir na política de programação que já vinha sendo feita pelos canais Fox, inclusive seu aplicativo. Mas ainda é muito cedo para ver resultados, que devem ficar mais claro no segundo semestre.

Comente via Facebook!
Categorias
BESTV

Ver também