Zachary Levi esteve no Brasil onde comentou sobre seu papel em Shazam! e qual super herói adoraria enfrentar nos filmes da DC. Confira aqui nossa entrevista

ENTREVISTA | Zachary Levi veio ao Brasil para falar um pouco sobre Shazam!

Zachary Levi esteve no Brasil onde comentou sobre seu papel em Shazam! e qual super herói adoraria enfrentar nos filmes da DC. Confira aqui nossa entrevista...

Zachary Levi fala um pouco sobre Shazam!, qual herói ele gostaria de enfrentar e o que ele levou de “lembrancinha” do set de filmagens

Após alguns anos nesse circuito de críticas, notícias e entrevistas, é difícil manter aquele entusiasmo de fanboy na hora de conversar com artistas. A maioria é extremamente simpática em pessoa, mas com o passar do tempo, você começa a desenvolver um sexto sentido para detectar quem de fato está feliz de estar rodeado de jornalistas respondendo as mesmas perguntas o dia inteiro, e quem só está fazendo o personagem. Zachary Levi é um exemplo do primeiro, o cara realmente é alto astral e tem um entusiasmo que até acordou nós, cansados jornalistas, num sábado de manhã. Ele esteve no Brasil uns meses atrás para conversar sobre Shazam!, novo filme da DC Entertainment que se passa no mesmo universo de Batman, Superman e Mulher-Maravilha.

Sobre o personagem

Entre generosas mordidas e declarações de amor pelo pão de queijo, Zachary comenta sobre o apelo de Shazam. “”O que mais me atrai no Shazam é esse elemento de realização de desejos. É um garoto que ganha poderes. Se você, com 14 anos, ganhasse uma palavra mágica que te transformasse em mim, e voar, super força, super velocidade, raios. É a realização. Os outros super heróis lamentam que querem salvar o mundo, e Billy Batson já pensa, ‘Oba! Vou salvar o mundo!'”, comenta ele sobre os poderes do personagem. “O único outro herói que consigo pensar que se empolga desse jeito é o Homem-Aranha. Mas ele só tem teias. Eu voo.”, brinca o ator.

Zachary Levi no Brasil falando sobre Shazam!

Sobre a sensação de interpretar um garoto no corpo de um homem, Levi comenta, “Foi o melhor! Eu sou uma grande criança adulta, adoro ler gibis, jogar videogames e me meter em aventuras. Eu gosto de personagens que têm um bom coração. Até quando jogo videogames, eu sempre gosto de como o bom personagem. Eu não sei se vocês jogam jogos com Fable, qualquer jogo que você pode escolher ser bom ou mal. Uma vez em Fable, eu abri um baú, e vi que tinha roubado a casa de alguém, eu recomecei o jogo! Eu não queria isso no meu registro!” – brinca ele sobre seu jeitão de bom moço. “Como que você não se empolga na hora de interpretar um super herói? Imagino que Ben Affleck e Henry Cavill, ficaram super empolgados, mas na hora de atuar, tiveram que fazer aquele jeitão sombrio. Mas eu não, fiquei no EBA!”

Para se preparar para o papel, Zachary Levi comenta, “Bom, primeiro, eu comecei sendo só eu. Yay! Super empolgado. E academia, cinco vezes por semana, por um ano. Muita comida, crescendo músculo. Foi uma jornada maluca, mas estou mais forte e mais saudável. No fundo da minha cabeça, eu sempre pensei, ‘um dia eu vou receber um emprego onde vão me pagar para ficar em forma.’ Deu certo galera!”. E é claro, “Também lendo muito quadrinhos.

Super Pancadaria

Aí chegamos na parte que todo mundo adora. Afinal, é praticamente uma tradição religiosa quando dois super-heróis se encontram, primeiro têm que trocar uns tabefes antes de se aliarem. Perguntamos ao Zachary, no caso de Shazam, quem ele gostaria de enfrentar:

“Bom, se eu pudesse lutar ou ser amigo com outro super herói. Eu acho que seria o Superman. Porque isso é direto dos quadrinhos. Isso ia ser incrível! Shazam e Superman são equivalentes de poder, mas eu teria uma vantagem. Eu sou feito de magia, e ele é suscetível a magia. Então talvez eu venceria, e eu me tornaria mais poderoso! E mais popular! E isso ia ser bem divertido, porque Billy idolatra ele. E é claro, apostar uma corrida com o The Flash ia ser divertido. Esse foi um momento incrível no final de Liga da Justiça.”, comenta ele. “Seja lá qual ideia os chefes tiverem, eu toparia com certeza. E o fato que eu posso ser esse cara é muito legal.”

E é claro, Doktor Bruce, o expert em cultura pop e atitudes questionáveis, perguntou a ele se ele conseguiu “roubar” alguma coisa do set.

“Tem uma cena, com um bar. Tinha esse letreiro em neon, que estava na parede, é o nome do bar. E eu pensei, ‘essa placa é engraçada’, mas eu não vou contar! Eu adoraria levar um traje, mas eu sei que não iam deixar, então eu perguntei se eu podia levar  placa. Procura ela no filme!”

Polêmicas preguiçosas

No começo das gravações de Shazam!, quando vazaram as primeiras imagens, surgiram boatos que o traje tinha enchimentos. Zachary comenta um pouco sobre como ele reagiu, “Bom, todo mundo é um crítico. E sempre tem gente infeliz. A maioria das pessoas que passam o tempo comentando na internet são pessoas infelizes. Eles ficam online comentando porque eles não sentem poder em sua própria vida. Então eles vão na internet para se sentir poderosos. Eu entendo, a gente vive num mundo maluco e redes sociais deixam todo mundo meio perdido e sem identidade. Eu não ligo das pessoas discordarem, mas o que me afeta é quando vem o ódio. Eu tento lembrar que eles são seres humanos, e eles estão tristes, e machucados e sofrendo. Então tento não levar isso a sério.” – uma lição muito importante para muitas pessoas. Mesmo assim, complementa brincando, “Pessoal, olha o tamanho dos ombros. Eles são gigantes!”

“Eu sei o trabalho que estou fazendo para entrar em forma. Eu sei o quanto eu consigo comer de frango e brócoli e quanto eu tempo eu consigo fazer exercício sem morrer. E eu faço o melhor possível.“, acrescenta Levi.

Shazam! estreia nos cinemas brasileiros dia 4 de abril de 2019.

Até a próxima!

Comente via Facebook!
Categorias
EntrevistasFilmes

Ver também