Erótika Fair 2015: Para tudo que eu quero descer! (+18)

Maior feira do mercado adulto do Brasil teve sua 22ª edição no último fim de semana em São Paulo e deixa saudades O que dizer da Erótika Fair 2015?...

Maior feira do mercado adulto do Brasil teve sua 22ª edição no último fim de semana em São Paulo e deixa saudades

O que dizer da Erótika Fair 2015? Primeiro: senti falta de muitas coisas da edição de 2014 (você pode ler sobre ela aqui), principalmente das brincadeiras eróticas. Este ano a feira estava menor, mas nem por isso deixou de ser gostosa de comparecer, apenas mais cansativa. As lojas pareciam todas iguais, com exceção da Soft Love, que levou uma piroca gigante que ficava se balançando para cima e para baixo, sensualizando em plena feira. Olha fotinho para sentir inveja!!

11040242_920667117973876_297390789_n

 

Voltando para o foco… sai piroca! Com menos lojas do que no ano passado, mas mais focadas nos revendedores, os estandes priorizaram o atendimento para quem já está no mercado adulto e nem tanto na venda a varejo, para nós, reles mortais. Os preços também estavam mais salgados, mas entendemos que produzir rolas e próteses no atual cenário econômico não deve ser fácil #hajalátex #sobepiroca #baixadólar

Além da atração principal do estande deles – sim estamos falando da piroca gigante – , houve o lançamento de uma bebida afrodisíaca em três sabores: morango, limão e maracujá. Provamos a de morango que tem um sabor bem gostoso com um toque apimentado. A Twist Sex Afrodisiac é uma bebida alcoólica indicada para ser consumida antes do sexo. E tinha também um cara vestido de Jack Sparrow fazendo propaganda de um perfume e da bebida.

twist-morango-soft-love-erotika-fair

twist-morango-soft-love-erotika-fair-2

É para pirar a cabeça da mulherada mesmo né?

Enquanto o espaço para shows diminuiu, com um espaço bem pequeno com todo mundo amontado (ano passado tinha até arquibancada), a qualidade dos shows aumentaram, com mais interações com o público, entenda-se mulherada (tipo eu, que subi duas vezes no palco), com vários espetáculos bem interessantes, como o do Anderson de Castro, vulgo S.W.A.T, que esbanjou simpatia e músculos em suas performances sensualíssimas! Além, é claro, do boom Mr. Christian Grey, personagem queridinho das pseudosubmissas. Com um show super bem montado e sofisticado, Mr. Grey (cedido pelo Clube das Mulheres), além da dança no palco principal também fez uma dança particular no Quarto Vermelho em plena praça de alimentação, um quarto todo em vidro com direito a algemas, chicotes e esfrega-esfrega (a temperatura aumentou de repente, ô produção!). O público masculino não ficou na seca com apresentações de strippers, pole dance e tapas de bunda! As meninas sabem deixar o povo com calor, Gzuis!

20150311144422

Ps. A diva Silvetty Montilla fez falta, sendo substituída pelos Gaynicats, ou algo assim. Eles tiveram seus momentos nas apresentações das atrações, mas não são a tia Silvetty, volta bêcha!!

Voltando ao tio Grey, a feira mostrou que 50 Tons de Cinza ainda rende dinheiro, com muitos produtos baseados na história – que chegou aos cinemas em fevereiro, leia nosso review aqui – alguns oficiais (e caros para danar) e outros não oficiais (mais baratos e chinfrins). Desde algemas personalizadas às bolinhas de prata* (que de prata não tinham nada), tudo que possuía as cores cinza na embalagem tendiam a ser mais caras. A marca Intt marcou presença na Erótika Fair para lançar a linha inspirada no filme.

*Grey e Ana usam bastante as bolinhas durante os dois primeiros livros, se a memória não me falha. São introduzidas vocês sabem aonde e dão uma excitação quando a moça leva uns tapas no bumbum –  segundo o livro, ainda não tentei essa manobra sexual, me segurem!!







As brincadeiras eróticas me deixaram triste. Apenas duas gratuitas. As outras três eram pagas. Pela bagatela de R$ 30 ou R$ 35 CADA UMA. Nem preciso dizer que não fui, né? #imprensasofre #sobedólar #baixapiroca 

Como a feira teve poucos visitantes na parte da tarde, quem queria perguntar de tudo e mais um pouco teve tempo de conversar com os vendedores. As atendentes da loja Doce Sensualidade foram super atenciosas, explicaram e demostraram tudo certinho. Sai da loja toda melecada de passar tanto gel, perfume, isso e aquilo na mão, não sentia minha garganta (espirraram um treco para amortecer e rolar uma garganta profunda legal), meu lábio zumbindo com um babado que passei na boca, mas não é para a boca (beijo para quem acertar para onde é!), uma mão com gel que esquenta, a outra com gel que esfria e muita vontade de comprar muita coisa. Obrigada Doce Sensualidade!

A loja Adão e Eva Toys que ano passado esteve presente com a marca OVO, trouxe brinquedinhos para o público gay, mas que também podem ser usados por casais héteros, é só usar a imaginação. Gostei, achei interessante um estande todo dedicado a isso. Os demais até tinham brinquedos GLS, mas a linha DOM veio com tudo! Adorei.



























A Freakpop Store marcou presença também na Erótika Fair!! Unimos forças com a X-Plastic e vendemos nossas camisetas na feira. O estande da produtora ainda tinha um bar enorme e recheado de muitas bebidas e lindas X-Girls e um mini estúdio de tatuagem que a Lady Freak aproveitou para fazer mais um rabisco assinado pela tatuadora Thamu Candylust. Ah, teve também o Doktor Bruce posando no bar com cara de “ah, nossa, odeio meu trabalho!”.







Aliás, a X-Plastic é responsável por algo que deixou a redatora que vos fala bem animada. A produtora levou o shibarista Toshi San para demonstrar a arte de amarrar com cordas, mostrando uma palinha do que é o BDSM, em plena feira e nem preciso falar que eu tentei ser amarrada. Tenho fotos para provar!




Enfim, foram muitas emoções nesta Erótika Fair 2015. Que chegue logo a edição 2016!

Até mais!

Comente via Facebook!
Tags
Categorias
CulturaEventos

Ver também