Michael Gandolfini, filho de James Gandolfini, será Tony Soprano no prequel de Sopranos

SOPRANOS | Michael Gandolfini será Tony Soprano na prequela

Michael Gandolfini, filho de James Gandolfini será Tony Soprano no prequel de Sopranos, The Many Saints of Newark - o filme que contará a origem do mafioso....

Filho do consagrado ator James Gandolfini, Michael, fará a versão jovem do mafioso de Nova Jersey na produção tem previsão de estreia ainda em 2019

A carreira de David Chase como roteirista e produtor de TV é, no mínimo, muito eficiente.  Uma das primeiras séries que ele esteve envolvido diretamente foi Kolchak e Os Demônios da Noite, estrelada por Darrin McGavin em 1974, sobre um repórter de um jornal sensacionalista envolvido com casos sobrenaturais, de atividade extraterrestre e conspirações governamentais. Mas o jeito de construir o personagem principal como um rebelde com causa, levou o produtor Stephen J. Cannel (O Homem da Máfia) a coloca-lo como redator-chefe na nova série para a NBC, Arquivo Confidencial (The Rockford Files, 1976).

O personagem principal, Jim Rockford, brilhantemente interpretado por James Garner, era um detetive particular que não gostava de se envolver nos problemas de seus clientes, aparentemente. No decorrer das investigações, contudo, ele acabava dedicando-se muito mais do que o pagamento combinado com o cliente. Seu sendo de justiça falava mais alto do que o trabalho de descobrir quem fez o quê.

Família Soprano

Foi dessa forma que David Chase decidiu mergulhar de cabeça numa ideia que teve para contar a história das famílias mafiosas de Nova Jersey, que começaram a aparecer nos jornais americanos, depois de denúncias e investigações do FBI. Chase começou a pesquisar sobre a relação dessas famílias, como construíram seus impérios no crime organizado dos EUA. O único problema era onde exibir uma série que, no mínimo, era muito ousada para o Horário Nobre das redes americanas.

Foi a HBO quem recebeu a produção de braços abertos. A emissora viu que The Sopranos se encaixava perfeitamente dentro dos planos da HBO. Para o papel do patriarca da família, Tony Soprano, a escolha de James Gandolfini só aconteceu depois que o guitarrista Steven Van Zandt e Ray Liotta abriram mão do personagem. Zandt, que não tinha nenhuma experiência como ator achava que o papel deveria ficar com um ator profissional, enquanto que Liotta não queria fazer televisão naquele momento. O guitarrista acabou entrando no elenco como um dos tenentes de Tony, Silvio Dante.

Sorte para James Gandolfini, muito conhecido por fazer papéis de pessoas complicadas em vários filmes como Maré Vermelha, Velocidade Terminal e O Nome do Jogo, entre outros. Na história, Tony Soprano, um dos líderes da máfia de Nova Jersey, em Nova York, tem uma crise de pânico e seu médico recomenda que ele vá fazer terapia. Mas ele faz isso sem que ninguém saiba, criando um drama pessoal para desenvolver ao longo da história. Curiosamente, a série foi lançada no mesmo ano de A Máfia no Divã (1999), mostrando a complicada e divertida relação de um mafioso (Robert De Niro) com seu terapeuta (Billy Crystal).

Pra resumir, Família Soprano se transformou num fenômeno de audiência para a HBO, que iniciou uma profunda reformulação em sua área de séries, aumentando a produção anual de conteúdo novo e a mais adulto. Entenda-se como mais adulto a utilização de nudez, violência gráfica mais explícita e palavrões. Nesse ultimo parâmetro, na segunda temporada da série usou-se a expressão FUCK 715 vezes!

Com Chase supervisionando o roteiro, a série decolou e começou um tsunami de premiações. Ganhou vários EMMYs, Globo de Ouro e SAG Awards, sendo que foi a primeira emissora de TV por Assinatura a ganhar um EMMY de Melhor Drama com Família Soprano. Gandolfini faturou três EMMYs de Melhor Ator enquanto que sua colega Edie Falco, que interpretava sua esposa Carmela Soprano, também saiu com três estatuetas pro sua atuação.

Prequel de Sopranos

Neste Janeiro, Família Soprano completou 20 anos de sua primeira exibição na HBO. Durante a reunião com o criador e o elenco, foi divulgado mais detalhes sobre o longa metragem que chegará ainda esse ano nos cinemas. Produzido pela New Line, o filme The Many Saints of Newark, vai contar a origem dessa família de mafiosos. O cenário será ambientado em 1967, durante as violentas manifestações de ruas que aconteceram naquela região, entre as organizações pelos direitos civis da população afro-americana e os descendentes de italianos. Vinte e seis pessoas morreram durante os conflitos.

No elenco estão Jon Bernthal (O Justiceiro da Marvel), Cory Stoll (The Strain), Vera Farmiga (Bates Motel), Billy Magnussen (Maniac), e Alessandro Nivola (O Mago das Mentiras). O nome mais recente que entrou no elenco foi o de Michael Gandolfini, filho de James, que vai interpretar a versão jovem de Tony Soprano. Triste é saber que o pai não verá o filho fazendo papel que mudou a carreira e a vida de James Gandolfini. O ator faleceu em 2013, aos 51 anos de idades, vitima de uma ataque cardíaco fulminante.

Mas de algum lugar, Jim estará orgulhoso…

Comente via Facebook!
Categorias
FilmesNotícias

Ver também