Game of Thrones – T03E02 – Dark Wings, Dark Words

O segundo episódio da terceira temporada de Game of Thrones está realmente inovadora, já se foram 2 episódios e até agora não houve nenhuma cena de bordel simplesmente para...

game_of_thrones_54422

O segundo episódio da terceira temporada de Game of Thrones está realmente inovadora, já se foram 2 episódios e até agora não houve nenhuma cena de bordel simplesmente para mostrar nudez gratuita e frear o enredo. Por mais que pepecas e peitchenhos sejam legais, essa série tem centenas de personagens e dezenas de narrativas, não dá pra fazer um Brasileirinhas todo santo episódio. Desabafos a parte, vamos ao episódio!

Apesar de ser um episódio sem grandes revelações ou grandes reviravoltas, o enredo foi bem trabalhado e a exposição foi feita na dose certa. Jojen e Meera Reed finalmente surgem após muitos fãs acharem que os personagens haviam sido deixados de fora da série. Apesar de aparecerem brevemente, sua presença já ajudou a dar mais destaque às aventuras de Bran no norte de Westeros e ajuda a explicar para quem não leu os livros o que está acontecendo com o jovem Stark.

Game-of-Thrones-Reeds

E lá em Porto Real, Joffrey continua sendo o mesmo rei psicopata de sempre, Tyrion fica zanzando pelo Fortaleza Vermelha em depressão e os Tyrells continuam suas artimanhas em busca do poder. Em um dos momentos mais interessantes dos livros, Margaery convida Sansa para tomar chá com sua vó Lady Olenna. Claramente, o cacique da tribo Tyrell usa saia, porque a velha é barra pesada, com um ar gentil, a vovó faz Sansa ter seu primeiro momento de honestidade em Porto Real e esta revela a verdade sobre Joffrey. Apesar do apelo de Sansa, Margaery continua fria e sabe exatamente o que fazer para conquistar o psicótico rei.

Game-of-Thrones-Tyrells

 

Arya continua sua jornada para Riverrun para se reencontrar com o avô e voltar para Winterfell, no caminho, ela conhece Thoros de Myr, o padre vermelho e seu bando da Irmandade sem Estandartes, o mais próximo de Robin Hood que alguém já virou em Westeros. Nos livros, Thoros segue a mesma fé que Melisandre, mas ao contrário da Bruxa, é um beberrão sem esperança até formar a irmandade. Na série, ele passa mais um ar de… “blogueiro de cultura pop”…

Game-of-Thrones-Thoros

 

Daenarys não aparece (o que costuma ser bom porque aí a história anda), no norte, tanto Jon e os Selvagens (belo nome de banda) e a Night’s Watch competem para ver quem faz o melhor cosplay de Senhor dos Anéis e passam o tempo todo andando, caminhando e vagando.

Em geral, um episódio interessante, boas cenas de luta, bons momentos onde Jaime Lannister usa seu tempo no cativeiro para criar novos insultos para Brianne de Tarth e uma boa preparação para novas revelações nos próximos episódios.

Até a próxima!

Categorias
Críticas

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Relacionados