Marvel’s Agent Carter – Temporada 1 – Ep.02 – “Tunnel and Bridge”

Em Marvel’s Agent Carter… quem é Leviathan?! Marvel’s Agent Carter teve uma estreia com seus dois primeiros episódios. Depois de um excelente piloto, será que a série sustenta o...

Em Marvel’s Agent Carter… quem é Leviathan?!

Marvel’s Agent Carter teve uma estreia com seus dois primeiros episódios. Depois de um excelente piloto, será que a série sustenta o fôlego? Se formos tomar como base o segundo episódio, tudo indica que sim. Peggy continua sua investigação pelas armas desaparecidas de Howard Stark. Depois de muita farejo, descobre algumas pistas e continua a investigação. O episódio entrega muito humor, cenas de ação bem coreografadas e o uso inteligente do comentário social.

Já de abertura, descobrimos que após a guerra as aventuras do Capitão América se tornaram episódios de um drama de rádio popular. Todas as tramas giram em torno do Capitão derrotando nazistas e resgatando a bela donzela e enfermeira do esquadrão, cujo nome é estranhamente parecido com “Peggy Carter”, naturalmente, toda vez que está perto de um rádio, a agente, de forma irritada, pede para mudar de estação.

Pode parecer só uma forma sutil de integrar Marvel’s Agent Carter na narrativa maior do Universo Marvel, mas o drama no rádio é utilizado de forma brilhante em uma cena de ação onde Peggy é contrastada com a personagem em constante apuros da ficção. Enquanto no rádio, a personagem constantemente depende do Capitão para ser resgatada, na “vida real”, Peggy se vira muito bem. Sem sombra de dúvidas uma das cenas mais interessantes já feitas nesta recente onda de séries de super herói.

Como sempre, o que difere Marvel’s Agent Carter de Agents of S.H.I.E.L.D. é o carisma e talento de Hailey Atwell que sabe interpretar uma heroína verdadeiramente durona, porém capaz de mostrar vulnerabilidade quando necessário e capaz de mudar de personagem para se infiltrar em diferentes lugares para completar suas missões. A série continua apresentando uma mistura excelente de ação e espionagem com a dose certa de ficção científica e comédia.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também