O Negócio – 2ª temporada – Ep.01 – Pirataria

O Negócio está de volta na HBO! A segunda temporada da série original da HBO, O Negócio, estreou ontem a noite e semanalmente você poderá acompanhar os reviews aqui...

O Negócio está de volta na HBO!

A segunda temporada da série original da HBO, O Negócio, estreou ontem a noite e semanalmente você poderá acompanhar os reviews aqui na Freakpop Studios. Bem, vamos falar de sexo? Afinal, sexo vende! Certo? Mas para vender sexo você precisa do que? De marketing, certo? E para executar os ensinamentos básicos de Kotler, nada melhor do que três acompanhantes de luxo residentes da capital paulista que sabem fazer O Negócio como ninguém faz.

Na primeira temporada, Karin (Rafaela Mandelli), Luna (Juliana Schalch) e Magali (Michelle Batista) superaram as dificuldades de largar o booker (leia-se cafetão) para abrirem uma empresa e firmarem seus programas pela bagatela de 15 mil reais. Sim, vocês estão achando que elas eram baratas? Lógico que não! As meninas da empresa Oceano Azul agora são empresárias e, como o mundo dos negócios são recheados de charlatões e novas dificuldades, agora na segunda temporada elas precisam se autenticar como as melhores do meio da prostituição.

Antes de relatar o que aconteceu no primeiro episódio da segunda temporada, vale ressaltar que a série teve um roteiro bem fraco de início. Os conceitos de marketing, bem como suas aplicações, eram dignas das aulas de um primeiro semestre de uma faculdade classe c. Os roteiristas não conseguiram entregar uma trama embasada com conhecimentos avançados. Entregaram uma boa edição e uma premissa digna de novela das oito somada à falta de originalidade para explorar a prostituição de luxo em si. Agora para a segunda temporada, a produção já anunciou que as histórias serão melhores elaboradas e que os próximos passos e conquistas das protagonistas serão audaciosos. Será?

O primeiro episódio começou com a Karin preocupada em descobrir quem está “pirateando” ela. Ela afirma que para manter um produto luxo no mercado, é preciso pagar o preço. Com a inesperada ajuda de Ariel (Guilherme Weber), ela vai atrás da mulher que está vendendo seus serviços. Em paralelo, a protagonista segue com suas dúvidas sobre como conciliar um namoro com Augusto (João Gabriel Vasconcellos) em função da sua profissão.

Luna está em um relacionamento estável com Oscar (Gabriel Godoy), ele acaba de se mudar para a sua casa. Em um momento aleatório, o ex-charlatão engana o falso namorado de Luna dizendo que ela o ama. Nessa confusão, Luna foi pedida em casamento por Yuri (Johnnas Oliva) na frente da família e agora ela não sabe o que fazer.

Magali se mudou para um apartamento e foi atrás de uma antiga amiga que trabalha com decoração para ajudá-la. Para retomar a amizade, elas marcam um jantar e o namorado da amiga está presente. Após um chato diálogo sobre as cinco coisas que eles mais odeiam na vida, Magali descobre que o namorado da amiga já foi cliente dela.

Antes de terminar, só um observação: A Sally Field é uma das melhores atrizes de Hollywood, vamos lá HBO, vocês conseguem escrever diálogos mais elaborados e com referências melhores.

De volta à pirataria, Karin vai ao encontro da sua cópia e, obviamente não consegue nada, então resolve processar a concorrente. E assim acabou o primeiro episódio da segunda temporada de O Negócio.

A premissa da série até que é interessante, porém as três protagonistas são vagas, fúteis e lhes falta intelecto para acompanhar o pouco conhecimento que os roteiristas pretendem com as personagens. As cenas de sexo seguem bem gravadas, mas isto não deveria ser o ponto de atenção dos telespectadores. Se for para falar de sexo e prostituição, então falem, mas parem de dar aulinha de marketing básico com péssimos exemplos.

Vamos ver se teremos episódios melhores.

Até a próxima.

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Críticas

Ver também