O Sétimo Filho – Jeff Bridges precisa matar a Julianne Moore

Estão preparados? Mesmo? A gente espera você escolher uma música bem legal no Youtube para ler a crítica de O Sétimo Filho. (…) Tudo bem? Vamos lá! O Sétimo...

Estão preparados? Mesmo? A gente espera você escolher uma música bem legal no Youtube para ler a crítica de O Sétimo Filho.

(…) Tudo bem? Vamos lá! O Sétimo Filho é o novo longa que estrela Jeff Bridges e Julianne Moore. O filme de ação/fantasia dirigido por Sergey Bodrov (O Guerreiro Genghis Khan) é uma adaptação do livro de mesmo nome e conta a história de John Gregory (Jeff Bridges), um cavaleiro que por ser o sétimo filho do sétimo filho (não questione de quem), que tem a árdua missão de manter a paz na cidade matando espíritos e tudo aquilo que puder acabar com a paz do local. Gregory está velho e cansado e precisa de um sucessor, mas no século XVIII podemos dizer que o trabalho chamado de “Caça-Feitiço” não recebe muitos currículos para a vaga e que será o destino (mais uma vez) de um jovem chamado Tom Ward (Ben Barnes) de aprender tudo com Gregory para enfrentar a maior ameaça do condado: a bruxa má Mãe Malkin (Julianne Moore) que acaba de fugir da prisão. Com esse nome eu também fugiria.

o-setimo-filho-critica-freakpop-09O Sétimo Filho tem uma premissa chata! Sim, chata. Já sabemos como e para onde caminham os filmes de mentor e aprendiz com figuras fictícias. E sim, o maldito elemento que Hollywood ama chamado “destino” também está presente neste filme. Resumindo, o longa não apresenta nada de novo e ainda tem uma direção que deixa a desejar. A tela verde não só é usada em 90% do visual como você percebe que os atores estão interagindo com…uma tela verde.

o-setimo-filho-critica-freakpop-04As figuras mitológicas passam pelas famosas cenas de transformação humano X figura fictícia e ainda são complementadas com diálogos vagos e com frases de efeito. Os seres como fantasmas e ogros foram criados com visuais semelhantes de filmes de fantasia mais famosos e simplesmente não impactam. E o romance de Tom Ward é o de sempre, o garoto simplório que se apaixona pela menina proibida.

o-setimo-filho-critica-freakpop-06Jeff Bridges está tão decepcionante que dá vergonha alheia logo em sua primeira frase! O ator encarnou o Bane de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge – mas numa versão sem máscara, o que é pior. Julianne Moore, bem, é preferível esquecer que a atriz fez este filme. Infelizmente Moore pena para estruturar uma vilã marcante e com personalidade, muito longe disso, sua personagem tem um comportamento clichê em um visual digno de destaque de escola de samba.

o-setimo-filho-critica-freakpop-05Ben Barnes, Ben Quem?

o-setimo-filho-critica-freakpop-03O Sétimo Filho é sem graça e repete a receita de bolo que já conhecemos dos filmes de aventura e ficção. O longa foi gravado em 2012 e passou por diversas dificuldades para conseguir distribuição. Sua primeira estreia estava agendada para outubro de 2013 pela Warner em parceria com a Legendary Pictures em um calendário de estreias bem diferentes para cada local de lançamento, com esse impeditivo e o término da parceria das duas distribuidoras o filme voltou para a estaca zero. Depois de um ano de burocracias a Universal Pictures fechou o contrato e o longa chega aos cinemas dia 12 de Março.

O elenco ainda é formado por Alicia Vikander (O Amante da Rainha), Antje Traue (O Homem de Aço), Olivia Williams (Mapa Para as Estrelas), John DeSantis (O 13º Guerreiro), Kit Harington (Game Of Thrones) e Djimon Hounsou (Guardiões da Galáxia).

o-setimo-filho-critica-freakpop-08Vale a pena conferir O Sétimo Filho no cinema? Hummmmm…o público teen vai se divertir, mas a ida para o cinema deve ser regado a baixas expectativas.

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Criticas

Ver também