Os Mercenários 3

Explosões e pancadaria é o que você vai ver em Os Mercenários 3! Assistimos Os Mercenários 3 e prepare-se caro leitor, porque você vai ver muita porrada e explosões a...

Explosões e pancadaria é o que você vai ver em Os Mercenários 3!

Assistimos Os Mercenários 3 e prepare-se caro leitor, porque você vai ver muita porrada e explosões a la Michael Bay durante 2 horas de filme.

O longa que estrela um grande elenco comandado por Barney (Sylvester Stallone), traz também das trevas mais obscuras do álcool e da prisão Mel Gibson e Wesley Snipes. O grande protagonista da saga Máquina Mortífera está de volta como um vilão, e o eterno Blade larga a caça a vampiros para caçar o homem mais procurado e temido do mundo, Conrad Stonebanks (Mel Gibson).

Após um eletrizante resgate de Doc (Wesley Snipes), um dos Mercenários é abatido e Barney quer vingança. Na tentativa de preservar sua equipe da velha guarda, ele dispensa todos e monta uma equipe de novatos. Agora acompanhado de Luna (Ronda Rousey), Smiele (Kellan Lutz), Mars (Victor Ortiz), Thorn (Glen Powell) e Galgo (Antonio Banderas), Rocky, digo Barney, parte para cima da equipe barra pesada liderada por Stonebanks. Quando as coisas não vão bem por lá, sua antiga equipe se une à ele para finalmente matar o vilão.

Os Mercenário 3 tem um roteiro bem previsível, não espere uma história mirabolante com um final diferente. A receita do bolo já apresentada nos dois primeiros longas foi agora complementada com um alto orçamento, explosões bem feitas e cenas de lutas bem coreografadas. As piadas ficam por conta de Galgo, um falante mercenário espanhol que só quer fazer o que ele sabe melhor: matar pessoas!

Stallone está surpreendente em boa forma! Suas cenas de ação são menos engessadas e ele revive um personagem que mistura o estilo Rambo de ser com o estilo Rocky de bater. Mel Gibson tem um excelente retorno para as telonas com um personagem mais ácido, psicótico e bem realista! Wesley Snipes, que sai da prisão também no filme, faz uma excelente participação e revive seus tempos áureos de combate.

O ritmo do filme também foi melhor trabalho pela direção de Patrick Hughes, que apesar de ter apenas seis experiências como diretor, entrega um filme mais sólido mesmo tendo uma premissa bem batida. O que nós aqui da Freakpop mais gostamos em relação à esta saga, é que desde Máquina Mortífera, Duro de Matar e Missão Impossível, fazia tempo que não tínhamos diversão e ação num mesmo filme. A saga Os Mercenários retoma o estilos anos 80 e 90 de filmes de ação sem abusar de efeitos especiais e tecnologias super avançadas, um ponto bem positivo para uma estrutura fácil de ser executada que acaba levando ao público um resultado satisfatório, engraçado e intrigante.

Um super destaque para Ronda Rousey, que em uma das cenas, cai numa luta corpo a corpo com quatro caras de salto alto e um vestido justo vermelho. Um excelente apelo e tempero para o público masculino que não quer só ver um bando de coroas malhados e de veias saltadas.

Agora para as meninas, o que podemos falar? Kellan Lutz ganha seus cinco minutos de cena sendo um minuto apenas focado em seus quadrinhos do abdômen! Enfim, Os Mercenário 3 é o melhor filme da trilogia e vale a pena assistir no cinema justamente por seus personagens estarem melhor estruturados e suas cenas de ação mais convincentes.

AHHHHH Arnold Schwarzenegger trabalha agora para a equipe liderada por Harrison Ford, ambos estão sensacionais.  Schwarzenegger interpreta Trench, um mercenário já cansado da vida de matanças mas que está sempre pronto para voltar ao vício de atirar em alguém ou alguma coisa. E Ford, interpreta Max Drummer, um agente da CIA que comandas as operações clandestinas de Barney, e neste filme que foi censurado como PG 13, ele é o dono do único fuck do roteiro.

O filme estreia dia 21 de agosto em todos os cinemas brasileiros e ainda conta com Jason Statham, Dolph Lundgren, Randy Couture, Kelsey Grammer e Jet Li no elenco.

Até a próxima.

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Criticas

Ver também