Trinta anos de Os Simpsons

Os Simpsons completa 30 anos de sucesso

Essa família é a mais amada do Brasil!

Canal FOX põe no ar na próxima quinta-feira, a 30ª temporada da séria animada mais duradora da história da TV mundia!

Foi no final dos anos 80, quando um grupo de produtores da nova série que o canal Fox americano acabara de por ar com sucesso, visitava o Brasil. Eles queriam encontrar um estúdio de dublagem para escolher as vozes da Família Simpsons, personagens principais do primeiro desenho animado que chegava ao horário nobre da TV americana em décadas.

É claro que não foi tão simples. Alguns estúdios, como a Álamo dirigida por Michael Stoll em São Paulo, queriam mostras as “suas vozes”, após fecharem o contrato de trabalho. Segundo a história, Os Simpsons acabaram ficando no Rio de Janeiro com a VTI Network, dirigida por Victor e Roberto Berbara. Se houve o processo de seleção ou não, isso ficou no passado, já que não houve nenhum outro processo quando vários das vozes originais foram substituídas no decorrer dessas trinta temporadas.

Os Simpsons – Dubladores

Homer foi feito por Waldyr Sant’anna (Temporadas: 1ª até 8ª e 15ª até 18ª), Júlio César Barreiros (Temporadas: 8ª até a 14ª) e Carlos Alberto Vasconcellos (Temporadas: 18ª em diante e filme). Marge ficou nas vozes de Selma Lopes (Temporadas: 1ª até 8ª, 13ª até 24ª, 26ª em diante e filme), Mariangela Cantú (Temporadas: 8ª até 9ª /24ª até 26ª), Nelly Amaral (Temporadas: 9ª até 13ª), Miriam Teresa (1º episódio da 22ª temporada). Bart ganhou a personalidade brasileira através das vozes de Peterson Adriano (Temporadas: 1ª até 8ª) e Rodrigo Antas (Temporadas: 8ª e++++++++++++m diante e filme). Já Lisa foi feita por Nair Amorim (Temporadas: 1ª até 8ª), Priscila Amorim (Temporadas: 8ª até 13ª) e Flávia Saddy (Temporadas: 14ª em diante e filme).

A série começou a ser exibida aos sábados pela Rede Globo, criando uma legião de fãs que acompanhou a trajetória de Homer, Bart, Lisa, Maggie e Marge, seja no inicio das transmissões do canal Multishow nos anos 90, até sua mudança em definitivo para a Fox, em 1993, quando começou a ser transmitido pela canal por assinatura.

Controle de qualidade

Curiosamente, o controle de qualidade com a criação de Matt Groening era muito melhor nos primeiros dez anos da série. Explico: existem vários episódios onde os produtores introduziam canções para dar ao roteiro um brilho diferente. E havia uma versão em português para essas canções, como no episódio da sexta temporada, Homer – O Grande, quando Homer entra para a Sociedade Secreta dos Lapidários. A música explicando quem são os lapidários é divertida e muito engraçada.

No segundo episódio da 30ª temporada, Heartbreak Hotel, há uma divertida canção sem a versão brasileira e também sem legenda. Essa de falta de controle de qualidade em momentos como esse, leva a crer que não existe mais nenhum produtor americano exigindo essa qualidade, como a Rede Globo exigia enquanto exibia a série. O que aconteceu com esse rigor passado, é claro, está no passado e lá vai ficar.

De qualquer forma, a família mais consagrada da TV americana entra em sua 30ª temporada com a mesma irreverência, anarquia e muita graças a partir de quinta-feira, dia 30, às 22hs, com 3 episódios.

Os Simpsons – Premiações

Os Simpsons ganhou 32 prêmios Emmy, 34 Annie Awards e o People’s Choice Award de 2016. Foi a primeira série animada a ganhar um prêmio Peabody e foi indicada ao Oscar em 2012 pelo curta-metragem “The Longest Daycare”. “The Simpsons Movie” foi um filme de sucesso e o show foi premiado com uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 2000. Além disso, OS SIMPSONS foi nomeado “Melhor Show do Século 20” pelo Revista TIME e como “Greatest American Sitcom” pela Entertainment Weekly em 2013.

Mas a chegada da nova temporada, que já foi renovada para mais duas novas, fez com que o Canal Fox celebrasse o momento de uma forma bem diferente. O canal realizou um estudo qualitativo através da agência norte-americana Nimbly, realizada na Argentina, Brasil e México em outubro de 2018, que revelou que entre as gerações dos Baby Boomers, X, Y e Z,  há também a Geração S.

Segundo o estudo, existem 10 comportamentos que todos os membros da GERAÇÃO “S” têm em comum e têm um impacto na sua maneira particular de ver e viver a vida. Veja o resultado:

OS 10 COMPORTAMENTOS DA GERAÇÃO “S”

Os resultados da investigação revelaram que existem comportamentos que todos os membros da Geração “S” têm em comum e fazem parte de seu DNA:

É preferível perder um amigo do que perder uma piada: eles cresceram olhando para o primeiro desenho animado adulto da história e isso os ajudou a desenvolver uma visão bastante sarcástica do mundo através do humor. Essa facilidade / necessidade de rir de tudo pode chocar ou cruzar as fronteiras do que é politicamente correto, mas é algo que eles amam.

Os reis de Meme: Eles são “memethinkers” e usam esse formato para rir de tudo e colocar sua originalidade em prática. Eles podem ser realmente rápidos quando se trata de construir novas piadas e “memorizar” questões de política, economia, cultura, religião, futebol ou qualquer outra coisa.

A vingança dos nerds: Eles foram considerados um pouco nerd, mas hoje eles são vistos como pessoas interessantes e até legais. Eles são extremamente curiosos e usam as mais recentes tecnologias para consumir todos os tipos de informação. Eles são ótimos leitores e usam todo o seu repertório cultural para interpretar o mundo e encontrar a piada mais apropriada para cada situação.

Rindo de tudo, inclusive de si mesmo: sua visão do mundo pode ser dura e até mesmo ofensiva, mas para os membros da Geração “S”, rir de tudo é a única saída antes da tragédia que significa estar vivo. Enquanto eles fazem piadas com os outros, eles também riem de si mesmos, expondo suas próprias fraquezas.

Sempre em primeiro plano: eles não são caçadores conscientes da tendência, mas a curiosidade e o ambiente em que eles se movem os tornam os primeiros a adotar por merecimento. Assim como “Os Simpsons”, eles podem prever o futuro porque sabem e apreciam hoje o que a maioria das pessoas só descobrirá amanhã.

Todos nós temos problemas: O fato de rir de tudo não significa que eles sejam cínicos. Eles se sentem socialmente pressionados e estão cheios de dúvidas e contas a pagar. Enquanto eles passam a vida fazendo piadas, eles trabalham duro, acumulam desafios, sonhos e objetivos. Quanto mais velhos eles ficam, mais eles se parecem com Marge, mas quando eles não conseguem encontrar uma solução racional para seus problemas, eles também podem ativar seu Bart interior e incendiar o mundo.

Palhaços Mas com sentimentos, como Krusty: embora façam o melhor para rir de tudo e enfrentar problemas de bom humor, ficam deprimidos de vez em quando. O fato de serem inteligentes e bem informados também os preocupa com os problemas do mundo. E como são parte do sistema, eles têm seus desafios e frustrações. Mas esse lado frágil e mal-humorado é reservado apenas para os amigos mais próximos. No mundo exterior, o show deve continuar.

Amor/ódio familiar: eles conhecem as limitações de seu grupo familiar e entendem que, na maior parte do tempo, tudo funciona mal lá. Mas eles também amam sua família e valorizam suas tradições mais extravagantes. É assim que eles amam estar com suas pessoas e eles sabem que, se tudo der errado, eles têm um porto seguro para onde voltar.

Amizade, antes de mais nada: Todos nós sabemos que o mundo precisa de mais empatia e que a boa notícia é que podemos esperar isso da Geração “S”. Apesar de sua natureza introspectiva, eles são inclusivos, abertos à diversidade, livres de preconceitos e com capacidade de se ajudarem mutuamente. E o senso de humor é a arma que eles usam para atrair novos amigos e formar conexões reais ou virtuais.

Apenas fique quieto: esqueça os grandes eventos ou mega produções, eles precisam de muito menos para se divertir: uma poltrona aconchegante, roupas confortáveis, uma bebida relaxante e um novo episódio de “Os Simpsons”. A forma como eles consomem a série, se trata de um estilo de vida baseado no desejo de conforto, familiaridade e fuga da realidade, tudo muito no estilo Homer.

Os Simpsons em DVD

A série também chegou ao Brasil em DVD, pela Fox Home Entertainment, que lançou as dezessete primeiras temporadas e a 20ª que introduziu na abertura da série, a TV widescreen. Infelizmente, ela não está disponível em nenhum serviço streaming. Tem as reprises da nova temporada e as já tradicionais reprises aleatórias de todas as temporadas. Quem sabe um dia…

Comente via Facebook!
Categorias
NotíciasSéries

Ver também