Os novos “Trapalhões” firmam que a internet poderia acabar depois desse teaser

Os Trapalhões ganham nova roupagem, atores e muita babaquice O VIVA, aquele canal que só sua vó assiste para rever as novelas “das antigas”, será responsável pela transmissão do...

Os Trapalhões ganham nova roupagem, atores e muita babaquice

O VIVA, aquele canal que só sua vó assiste para rever as novelas “das antigas”, será responsável pela transmissão do remake dos “Os Trapalhões” versão 2017. Com estreia marcada para 17 de julho, a produção conta com a direção de Renato Aragão, que originalmente era o personagem Didi Mocó. Aragão também assina a parte “humorística” dos novos Trapalhões.

O novo elenco é formado por Lucas Veloso como Didico; Bruno Gissoni como Dedeco; Mumuzinho como Mussa; Gui Santana como Zaca; Ernani Morais como Sargento Pincel e Nego do Borel como Tião. Óbvio que os veteranos não poderiam ficar de fora, na nova temporada Dedé e Didi interpretam dois humoristas que  serão tipo “mestres” da nova trupe, ensinando a todos como ser um verdadeiro ‘Trapalhão’.

Os trapalhões 2017

Isso não vai dar certo….

Outra novidade do programa é que agora Os Trapalhões são vloggers e, em uma tentativa fraca, talvez a pior já vista, tentam resgatar os estereótipos dos personagens originais. O resultado é catastrófico:

Os Trapalhões também vão estrear na Rede Globo em setembro, mas ainda sem data oficial. E segundo nota oficial do Plim-Plim, foi afirmado que o programa será uma “reuniões de super-heróis, o quartel-general, os famosos musicais, entre outros”.

Agora dá play de novo no teaser e conclua sozinha se isso vai dar certo?! Bem, o ponto é: essa nova caracterização e tentativa de relançamento de algo que fez parte da infância de quem nasceu nos anos 70 e 80, as gerações seguintes só pegaram o rabo do filé, pois o programa original deixou de ser exibido em 1995. O formato sitcom funcionava para a época e modernizar isso, transformando os icônicos personagens em web celebridades, é praticamente um insulto. Um outro exemplo é a Escolinha do Professor Raimundo, que passou por diversos elencos mas nunca deixou de lado o seu formato original.

Bem, agora é esperar as primeiras “críticas” do remake.

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Notícias

Ver também