CRÍTICA | Sete Minutos Depois da Meia-Noite | O longa mais emocionante do ano!

Segura esse forninho, pois com Sete Minutos Depois da Meia-Noite o choro é livre Sete Minutos Depois da Meia-Noite é a prova de que a imaginação pode ajudar, e...

Segura esse forninho, pois com
Sete Minutos Depois da Meia-Noite o choro é livre

Sete Minutos Depois da Meia-Noite é a prova de que a imaginação pode ajudar, e muito, com os nossos problemas da vida real. No longa, dirigido por Juan Antonio Bayona, acompanhamos a história de um jovem de 13 anos chamado Conor, interpretado belissimamente por Lewis MacDougall. O adolescente tem uma rotina: acorda, come, vai para a escola, sofre bullyng dos colegas de classe, retorna, cuida da mãe doente e estuda. Ao cair no sono, ele tem pesadelos. As cenas, conectadas aos seus problemas reais, impressionam por sua premonição crível.

Às 00h06 am, Conan acorda e um minuto depois, uma árvore gigante o visita com o seguinte propósito: contar quatro histórias ao jovem. Após os contos, Conan poderá contar para o monstrão a sua história. E é aqui meu amigo, que o choro é livre. O que Conan tem para contar para a tal árvore está conectado aos seus pesadelos e relacionado à dura jornada do amadurecimento. Fase esta onde a realidade, a vida adulta e as dificuldades do mundo batem na cara, arrebentam nossos corações e, ao mesmo, nos deixam fortes.

Com efeitos visuais marcantes, uma mescla impecável de live-action e animação, Sete Minutos Depois da Meia-Noite é o lançamento de dezembro de 2016, que surge para despedaçar as mais íntimas lembranças da sua infância com um drama comovente. É impossível não se afeiçoar pelo jovem e sentir saudades de um passado não tão distante, onde a nossa imaginação era poderosa e totalmente necessária para encarar os desafios da vida. É por meio de um monstro que o longa, baseado no livro de Patrick Ness, impacta a audiência. É sério: o choro é livre!

Completam o elenco: Sigourney Weaver como a avó intolerante de Conor; Felicity Jones como a mãe; Toby Kebbell como o ausente pai do garoto e Liam Neeson como a árvore.

Sete Minutos Depois da Meia-Noite estreia dia 5 de janeiro de 2017, nos cinemas. Imperdível!

Küsses,

Comente via Facebook!
Categorias
Criticas

"Crítica" de cinema - prefiro 'analista de entretenimento', fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah...#TeamCap

Relacionados