Sherlock – 2º Episódio 3ª Temporada – The Sign of Three

Mais um eletrizante episódio de Sherlock! O nosso querido sociopata será padrinho de casamento de John Watson e Mary Morstan, o desafio está lançado e Sherlock, aterrorizado. Afinal, como...

Mais um eletrizante episódio de Sherlock! O nosso querido sociopata será padrinho de casamento de John Watson e Mary Morstan, o desafio está lançado e Sherlock, aterrorizado. Afinal, como que uma pessoa como ele pode participar de um momento tão especial?

sherlock_3_temporada_2_episodio_freakpop_studios_01

Após a conciliação de Sherlock (Benedict Cumberbatch) e John Watson (Martin Freeman) no primeiro episódio, The Empty Hearse, chegou o momento do protagonista preparar um discurso para a cerimônia. Entre momentos bem embaraçosos, Sherlock revela algumas das aventuras da dupla, o resultado da despedida de solteiro de John até a conexão com o caso do episódio que fica bem em segundo plano. A personagem de Mary, interpretada pela fofíssima Amanda Abbington (esposa de Martin Freeman na vida real), aparece como um ponto muito importante na relação dos dois e sua amizade com Sherlock é bem amável.

sherlock_3_temporada_2_episodio_freakpop_studios_02

tv_sherlock-sign-of-three-bts

Entre tropeços e acertos, John abraça Sherlock após seu discurso após assumir ser uma pessoa repugnante, uma das melhores -falas do personagem. Com um toque mais sensível, mesmo com o suspense do caso que envolve o ex comandante de Watson, o episódio se desenrola de forma leve, com um excelente toque de humor e um pouco mais de drama, o que leva o espectador a momentos de emoção. Ponto positivo para os roteiristas que conseguiram firmar uma aproximação sentimental entre a série e seus fãs, e de certa forma, expressar evolução do sempre turrão Sherlock.

Como sempre, Sherlock e Molly seguem tendo seus momentos de acidez e conflito. Senhora Hudson , a personagem mais fofa e desejável como vó da história, se emociona durante o discurso do casamento ao ver a dupla trocando “elogios” e agulhadas.

Outro ponto forte é o quaaaaaaaase caso entre Sherlock e a madrinha de casamento, como sempre nosso herói dispara deduções sobre a vida da moça e a assusta ao mesmo tempo que ela demonstra uma forte queda pelo seu jeito durão de ser, então para a tristeza das fãs de Benedict, não foi dessa vez, de novo, que poderemos vê-lo num romance. Alguém avisa a produção que só a cena onde ele está enrolado num lençol dentro do palácio na segunda temporada é pouca para suprir as necessidades dos fãs? (grrrrrrrrrrrrrrr)

Mycroft é requisitado em uma ligação de Sherlock durante a festa de casamento, momento onde seu irmão o provoca afirmando que Sherlock ficará sozinho após a união do casal e ainda o cutuca sobre um possível envolvimento de Sherlock com os dois, o motivo? Só assistindo galerê, nós gostamos de spoilers mas nem tanto! 🙂

Enfim, The Sign of Three é um episódio muito bem estruturado e recheado de bons momentos dos dois e aponta que mesmo com o casamento nada irá mudar nessa relação!

Küsses,
Lady Freak

Comente via Facebook!

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Críticas
Para ver no cinema:

Ver também