TEATRO | Textos de Martha Medeiros inspiram peça 'Simples Assim'

TEATRO | Textos de Martha Medeiros inspiram peça ‘Simples Assim’

Dica cultural! :D

Em Simples Assim, textos de Martha Medeiros inspiram a peça que explora os absurdos cotidianos e nossa capacidade de fingir proximidade.

Quem nunca pensou que seria bom ter duas ou três versões de si mesmo, uma para a carreira, outra para as obrigações caseiras e familiares, uma terceira, essa sim a original, para ficar de papo para o ar e aproveitar a vida?

Essa é uma das situações vividas por Júlia Lemmertz, Georgiana Góes e Pedroca Monteiro em Simples Assim, peça que estreou em São Paulo na última sexta, 6/9, no Teatro Frei Caneca após dois meses de temporada carioca.

Escrita por Rosane Lima e baseada em dois livros de Martha Medeiros, Simples Assim e Quem Diria Que Viver Ia Dar Nisso, a peça exibe dez cenas nas quais o trio de atores interpreta diversos papeis. Entre eles, a Morte, que chega para dizer a um rico empresário metido em falcatruas que seu tempo por aqui acabou. Em outra cena simbólica de nosso cotidiano, a personagem contrata uma dublê para assumir parte de suas funções, incluindo conjugais. Em todas as cenas, o fio condutor é o nosso cotidiano emaranhado em tecnologia, relações pouco trabalhadas e contato humano rarefeito, sempre com um personagem de um quadro servindo de ligação com a próxima cena. O cenário é minimalista, com dezenas de monitores de TV pontuando a presença da tecnologia e também oferecendo o cenário para cada um dos quadros.

Mas apesar da problemática, Simples Assim é uma peça humorística, com várias interações com o público, como a Morte encarando cada um como se escolhesse o próximo, ou a mulher obrigada a falar com as pessoas por ser obrigada a ficar sem o celular, com muita gente na certa sem saber o que seria pior.

“Essa peça tem um pouco de uma reflexão sobre a nossa vida de agora que é muito bacana, porque fala de uma forma muito gostosa, divertida e que te relaxa, mas ao mesmo tempo te fala, olha como está a nossa qualidade de vida, como está a tua presença nas relações, como é que você está presencialmente na sua vida, na vida dos outros. A gente está atrelado tecnologicamente, conectado barbaramente com o mundo todo, mas desconectado entre a gente. Se a gente está nessa situação que a gente está hoje em dia da vida politicamente, é um pouco por causa disso também”, resume Júlia Lemmertz.

SERVIÇO:

Simples Assim

Direção: Ernesto Piccolo
Teatro: Frei Caneca
Endereço: R. Frei Caneca, 569, 7º andar, Consolação, São Paulo / SP
Telefone: (11) 3472-2230.
Horários: Sex.: 21h30. Sáb.: 21h. Dom.: 18h. Até 29/9.
Ingressos: R$ 50 a R$ 120
Compras: sympla.com.br

Comente via Facebook!
Categorias
CulturaRolês

Ver também