The Flash – Temporada 01 – Ep. 15 – Out of Time

The Flash volta com um episódio forte e 10 minutos de muitas revelações! Tão rápido quanto seu protagonista, The Flash volta de mais um hiato com um episódio repleto...

The Flash volta com um episódio forte e 10 minutos de muitas revelações!

Tão rápido quanto seu protagonista, The Flash volta de mais um hiato com um episódio repleto de grandes revelações, já deixamos avisado que esta resenha é praticamente impossível de escrever sem alguns spoilers, então, SPOILERS, SPOILERS, SPOILERS.

Mark Mardon, o segundo Mago do Tempo e irmão de Clyde, volta para Central City para se vingar de Joe West pela morte do irmão. Com tempo para planejar, seu ataque é preciso e mortal, colocando o Capitão Singh no hospital e tragicamente, em uma cadeira de rodas. Joe é sequestrado, Barry revela sua identidade secreta para Iris e corre desesperadamente para impedir que uma Tsunami criada por Mardon destrua a cidade.

the-flash-primeira-temporada-episodio-15-out-of-time-review-04

Não é o suficiente? Cisco finalmente descobre que Harrison Wells e o Flash Reverso são a mesma pessoa e morre por isso.

Mas tudo bem! Porque o Flash volta no tempo!

Ok, fim dos spoilers (e provavelmente o episódio inteiro).

the-flash-primeira-temporada-episodio-15-out-of-time-review-03

Hoje, vivemos em um mundo repleto de séries inspiradas em quadrinhos, mas poucas ousam se aprofundar tanto na mitologia bizarra do universo dos super heróis. Pela primeira vez, ao assistir um episódio onde um personagem central é brutalmente assassinado (com direito a uma excelente cena ao melhor estilo super-vilão com Harrison Wells soltando seu melhor discurso maléfico), e sabemos com certeza absoluta que, por mais marcante que o momento seja, ele está de volta. Raramente no universo dos collants e das capas, um personagem permanece morto por muito tempo, ainda mais com um herói onde viagem no tempo é tão fortemente ligado à sua identidade.

the-flash-primeira-temporada-episodio-15-out-of-time-review-05

E mesmo assim, com tantas bizarrices saídas das páginas das HQs incorporadas em uma narrativa dramática para televisão, The Flash não abre mão de incorporar emoção e humanidade em seus personagens, e como já é de se esperar, somado a uma excelente direção e fortes efeitos visuais.

Um belo retorno de hiato e com certeza, um dos projetos mais interessantes que a DC Entertainment já adaptou para televisão.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
CríticasNotícias

Ver também