The Flash – Temporada 01 – Ep. 17 – Tricksters

Mark Hamill novamente é o Trapaceiro em The Flash. Antes do The Flash que todos conhecemos e amamos, lá atrás, nos distante passado da década de 90, houve uma...

Mark Hamill novamente é o Trapaceiro em The Flash.

Antes do The Flash que todos conhecemos e amamos, lá atrás, nos distante passado da década de 90, houve uma outra série para TV do The Flash (no qual, o atual Henry Allen, John Wesley Shipp, fazia o papel do Velocista Escarlate). Apesar da vida curta e de momentos de qualidade duvidosa, a série contava com um diferencial em relação as demais tentativas de trazer o pessoal da capa e collant para as telinhas. Muito dificilmente veríamos em Mulher Maravilha, da década de 70, ela enfrentando a Mulher Leopardo ou o Dr. Psico. No seriado do The Hulk, Bruce Banner nunca enfrentou o Abominável ou o Líder, optando por enfrentar gangues de motoqueiros ou outros grupos criminosos vagamente definidos, já que era consideravelmente mais barato e realista para o orçamento deste tipo de projeto. Eis que entra The Flash, e mais especificamente, Mark Hamill no papel de James Jesse, o Trapaceiro, em uma atuação marcante que o rendeu o praticamente vitalício papel de Coringa em diferentes adaptações do Batman para televisão e games.

the-flash-primeira-temporada-episódio-17-tricksters-mark-hamill-trapaceiro

No atual universo de The Flash/Arrow para a televisão, existe um James Jesse, que na identidade de o Trapaceiro, aterrorizou Central City duas décadas antes de esta ganhar seu defensor meta-humano. Quando um criminoso terrorista começa a explodir a cidade usando a identidade de seu “ídolo”, Joe e Barry precisam rapidamente criar um relacionamento a la Silêncio dos Inocentes com Jesse para resolver o caso. Em paralelo, flashbacks contam em maiores detalhes como Eobard Thawne ficou preso no passado e como ele eventualmente assumiu a identidade de Harrison Wells.

the-flash-primeira-temporada-episódio-17-tricksters-5

The Flash nunca teve medo de incorporar loucuras de quadrinhos ou homenagear outras encarnações do personagem. Aqui, a já batida premissa do “criminoso preso que manipula o herói” é usada para celebrar o legado de Hamill tanto em The Flash quanto em outros pequenos projetos que o tornaram famoso. Sem contar que disparado, foi o vilão mais talentoso que já presenciamos na série e com certeza um dos episódios mais marcantes desta primeira temporada.

the-flash-primeira-temporada-episódio-17-tricksters-4

Para adicionar mais drama ao arco da temporada, Barry finalmente começa a desconfiar que Harrison Wells não é tão bonzinho quanto parece. E para desvendar este mistério, ele revela sua identidade para algumas pessoas que podem ajuda-lo. Dizer mais que isso seria oferecer spoilers gratuitos, e como não notificamos isso lá em cima, vamos deixar isso por aqui.

Mas sério, vá ver este episódio, e depois assista ao novo vídeo promocional divulgado pela CW sobre os episódios finais da primeira temporada de The Flash!

Estão preparados para ficar órfãos até a segunda temporada?
Até  a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também