HBO | Estrelas de duas telas: Cinema ou séries? Quem joga nos dois times?

Cada vez mais, grandes nomes do cinema mundial estão se interessando em trabalhar em produções para a TV, como é o caso de Julia Roberts que vai para a HBO...

Cada vez mais, grandes nomes do cinema mundial estão se interessando em trabalhar em produções para a TV, como é o caso de Julia Roberts que vai para a HBO em 2018

Não é de hoje que grandes nomes do cinema estão voltando suas atenções para as produções de TV. Muito mais do que isso, em alguns casos, retornam ao veículo ao qual deram suas primeiras voltas, mas para trabalhar em projetos diferentes e arrojados que são exibidos em várias plataformas diferentes da TV convencional. Kevin Spacey é o exemplo mais próximo de um ator, duas vezes ganhador do Oscar, a se interessar em desenvolver um novo trabalho de TV, mas não necessariamente em uma emissora tradicional, como vem fazendo para a Netflix, com House of Cards.

Talvez a emissora que mais tem trazido para suas ondas tem sido a HBO, não só em séries semanais mas também para produções especiais como Grande Demais Para Quebrar, de 2011, sobre a crise da economia americana, estrelada por William Hurt. Recentemente, Robert De Niro e Michelle Pfeiffer estiveram juntos de O Mago das Mentiras, sobre o agente financeiro que fraudou seus investidores em 65 bilhões de dólares.

Há anos que a HBO vem fazendo esses longas-metragens dedicados à sua programação. Em 1995, Stephen Rea estrelou com Donald Sutherland, Cidadão X, que mostrava o primeiro caso investigado de assassino em série atrás na ex-União Soviética. Dois anos antes, ela levou astros do calibre de Richard Gere, Angelica Huston, Ian McKellen e Matthew Modine para viver o primeiro filme a mostrar como a AIDS se alastrou nos Estados Unidos e no Mundo, em E A Vida Continua…

Mas são as séries de TV que tem mantido a HBO no topo da mídia, quando anuncia que uma nova produção está sendo pensada com um grande nome da telona envolvida no projeto. Tudo isso começou quando a emissora decidiu produzir Família Soprano, em 1999, com o eterno vilão coadjuvante James Gandolfini como protagonista principal da série. Além de premiada, Família Soprano mostrou o interesse do público em séries com temas mais adultos, diferentes da tradiconal TV aberta nos EUA.

De lá pra cá, várias de suas principais séries tem a participação direta de grandes nomes do cinema. Em Westworld, ficção produzida por JJ Abrams, nomes como Ed Harris e Sir Antonhy Hopkins encabeçavam o elenco com outros grandes nomes como James Marsden (X-Men), o brasileiro Rodrigo Santoro, e Evan Rachel Wood, que esteve ao lado de Kate Winslet na minissérie Mildred Pierce, de 2011. Na recente minissérie Big Little Lies, Reese Witherspoon e Nicole Kidman, atuaram ao lada da Divergente Shailente Woodley, como também foram produtoras executivas da produção baseada no livro de Liane Moriarty.

A lista de grandes astros e estrelas do cinema que vem “adotando” a HBO como casa de trabalho é bem recheada. Em Ballers, comédia sobre os bastidores do esporte, Dwayne The Rock Johnson é seu principal protagonista. A antologia policial True Detective teve em suas duas temporadas nomes como Woody Harrelson, Matthew MacConaughey, Vince Vaughn e Collin Farrew, Michelle Monaghan e Rachel McAdams. A co-produção brasileira e uruguaia, O Hipnotizador, tem como astro principal Leo Sbaraglia, de Relatos Selvagens. Dustin Hoffman, vencedor do Oscar por Rain Man, e Nick Nolte (48 Horas), estiveram em Luck, sobre os universo das corridas de cavalo.

A mais recente novidade é a linda mulher e estrela Julia Roberts, que começou sua carreira em pequenas participações em séries como Crime Story e Miami Vice, nos anos 80. Agora, ela assume o papel principal de Today Will Be Different (Hoje Será Diferente), baseado no livro homônimo de Maria Semple, como uma mulher moderna que decide que o dia de hoje será o melhor para ela mesma. Julia, que também será a produtora executiva dessa produção, retorna a uma produção da HBO, depois de ter feito o especial The Normal Heart, em 2014. A nova produção está prevista para 2018.

Como se pode ver, o interesse dos grandes nomes por mais espaço de qualidade na telinha é cada vez maior. Não só para mostrar que esses nomes tem talento, não importando se é na TV, no Cinema, no Teatro, ou Internet. Além, é claro, levantar o prestígio quando são indicadas ou ganham o EMMY. É o caso de Jessica Lange, que já conquistou dois EMMY por sua participação na antologia de terror, American Horror Story.

Em tempo: Jessica Lange também faturou o EMMY de Melhor Atriz pelo telefilme Grey Gardens, em 2009, ao lado de Drew Barrymore, que  recebeu o Globo de Ouro pelo seu trabalho nessa obra, que mostra o que aconteceu com duas descendentes diretas de Jackeline Kennedy. A produção é da HBO.

Comente via Facebook!

Autor de dois livros, um sobre Série e outro sobre Desenhos Animados, Paulo Gustavo Pereira é jornalista há 34 anos, tem uma vasta experiência em reportagens, é editor-chefe do site BesTV e fã de carteirinha de Jornada nas Estrelas. Aqui na Freakpop, Gus – para os mais íntimos – dará muitas dicas bacanas sobre séries.

Categorias
Notícias

Ver também