Vikings – 2ª Temporada – 2º Episódio – Invasion

Vikings tem uma complicação na premissa. Por um lado, a série é fascinante ao expor um mundo que não conhecemos onde hábitos e culturas diferentes abrem espaço para histórias...

Vikings tem uma complicação na premissa. Por um lado, a série é fascinante ao expor um mundo que não conhecemos onde hábitos e culturas diferentes abrem espaço para histórias inesperadas e bem afastadas dos clichês, por outro lado, por criar este mundo fantástico, quando a série precisa seguir uma estrutura padrão de série ou tenta criar algo que seja relacionável as nossas sensibilidades modernas, o resultado fica estranho. Basicamente, quando a parada é Vikings fica foda, quando o negócio é ruim, vira novela…

vikings-season-2-episode-2

O segundo episódio desta temporada dá mais um salto no tempo. Ragnar reinou por 4 anos pacíficos, já tem dois filhos com Aslaug e um terceiro a caminho. Seus amigos começam a questionar se Ragnar não ficou confortável na posição de poder e começam a suspeitar que ele ficou sem ambição como o Jarl Haraldson. Para apaziguar a situação, Ragnar anuncia que no próximo verão acontecerá a tão esperada incursão à Saxônia. O personagem funciona muito bem devido à maestria de Travis Fimmel no papel. Ragnar não é o líder carismático que adora dar discursos a la Coração Valente, sua sagacidade vem de seus pequenos gestos e expressões. Eles simplesmente se levanta e anuncia que o pau vai comer solto, no mesmo tom que alguém pediria a conta para o garçom no restaurante. Em não tentar ser uma figura de autoridade, Fimmel consegue expor uma figura muito mais poderosa.

O Rei Horik chega, assim como Jarl Borg e pode-se ver que ainda rola um climão. Mesmo fazendo as “pazes” depois da rebelião de Borg, ambos ainda se odeiam. Horik é desesperado para conquistar fama e glória e sabe que para tal precisa de Ragnar, mas não está muito entusiasmado em ter Borg por perto quando isso acontecer. Rollo, no meio dessa bagunça toda, aparece para tentar se redimir com seu irmão. Ragnar diz que o perdoa mas não deixa ele participar das invasões.

vikings_season2-650x364

O episódio capenga um pouco. Claramente os roteiristas escreveram o final primeiro e começaram a sofrer para preencher o resto, quando os Vikings finalmente chegam em seu destino a história toma um rumo muito mais interessante. A relação entre Ragnar e Athelstan claramente vira amizade e fica evidente que a dinâmica entre os dois vai ser uma das forças que leva a série adiante.

BRAND_THC_VIKG_135306_TVE_2398_060_20140305_V1_HD_still_624x352

Pontos Fortes:

– Os momentos de profecia adicionam misticismo na medida certa. A mistura de medo e orgulho que Ragnar sente por seu filho promete momentos marcantes no futuro.

– “Vamos invadir o Oeste. Quem tá com fome?” – Ragnar é o Muricy Ramalho dos Vikings

Pontos Fracos:

Aslaug simplesmente não é uma personagem que funciona, ela não possui o dinamismo de Lagertha e tudo que ela traz para a narrativa fica com um ar de Game of Thrones piorado.

– A traição de Siggy ficou com jeitão meio de Maria do Bairro ou A Usurpadora, rezando para trazerem Lagertha de volta porque esse programa tá precisando de uma personagem feminina mais marcante.

Até a próxima! 

 

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também