Vikings – 2ª Temporada – 9º Episódio – The Choice

Os tambores de guerra retumbam em Vikings, com a chegada dos guerreiros na Inglaterra, ambos os lados da batalha precisam se manter unidos para sobreviver e vencer! Com apenas...

Os tambores de guerra retumbam em Vikings, com a chegada dos guerreiros na Inglaterra, ambos os lados da batalha precisam se manter unidos para sobreviver e vencer! Com apenas um episódio faltando para terminar esta temporada, vamos ver como os personagens vão lidar com os conflitos no horizonte. O episódio começa com Athelstan e Ecbert discutindo táticas utilizadas pelo Império Romano em batalhas e guerras.

Do outro lado, Ragnar envia um mensageiro para negociar com Ecbert. Por não discutir a decisão com Lagertha e Horik, ambos começam a questionar as decisões de Ragnar. Para piorar a situação, Floki incentiva Horik a buscar o caminho da guerra de deixar de lado a diplomacia. Aqui, ambos observam Bjorn e discutem as semelhanças do filho de Ragnar com a lenda de Baldur, o mais belo dos Deuses e filho de Odin. Este Deus era intocável e não podia se machucar com nada, até Loki descobrir um jeito de feri-lo. Vikings já deixou por entender algumas vezes que alguns de seus personagens se consideram descendentes de certos deuses ou são analogias humanas para aspectos dos mesmos. Ragnar é Odin e Floki é Loki, então faria sentido Bjorn ser análogo de Baldur. Já falamos no review passado que esta inconsistência do Floki tem tirado a seriedade da série. Desde o primeiro episódio Floki tem mostrado nada além de amor pelo filho de seu amigo, e agora ele aparece tramando para assassiná-lo? De onde vem isso?

A tão esperada batalha começa e as táticas romanas criam uma vantagem considerável para os ingleses, esta é a primeira derrota dos Vikings na série e Rollo quase morre. Pelo jeito Ragnar estava certo, não adiantava engajar em batalha e finalmente ambos os lados estão prontos para negociar. Ecbert está disposto a conceder terras, ouro e tesouros para os guerreiros em troca de voluntários para formar uma força militar para retomar o reino da Mercia em nome da princesa Kwenthrith… que imediatamente faz uma referência sobre querer transar com todos eles.

Em um momento de ternura inesperado, Ragnar pede para Athelstan voltar com ele para Kattegat. O jovem monge, encontra-se em conflito, uma criatura de dois mundos que vê o Deus Cristão nas brisas e na natureza mas vê a fúria de Thor nos trovões e raios.

Nas palavras de Ragnar, “Quem sabe um dia, seu Deus e nossos Deuses não se tornarão amigos?”

Com apenas um episódio faltando para terminar esta temporada (e mais um ano de espera até a próxima), vamos ver como será esse fim.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também