Vikings – 2ª Temporada – 10º Episódio – The Lord’s Prayer

 A segunda temporada de Vikings termina com uma grande reviravolta… O mundo de Vikings e especialmente de Ragnar está prestes a passar por grandes mudanças. O Rei Horik conseguiu...

 A segunda temporada de Vikings termina com uma grande reviravolta…

O mundo de Vikings e especialmente de Ragnar está prestes a passar por grandes mudanças. O Rei Horik conseguiu manipular praticamente todos os aliados e pessoas próximas de Ragnar e agora chegou o momento de colocar seu plano em prática. Floki, Siggy e até Lagertha parecem prontos para tomar o partido do rei. Horik está tão confiante de sua vitória que traz o resto de sua família para Kattegat. vikings_temporada_2_episodio_10_3 O episódio toma boa parte do tempo para todos os personagens darem indícios que cometerão algum tipo de traição contra Ragnar, porém como já é típico da série, o Viking principal tem que sempre ser o melhor, o mais inteligente e o mais invencível. No final, mostra-se que todos os aparente traidores estavam do lado de Ragnar o tempo todo e aguardando o momento para derrotar Horik.

Infelizmente, pela falta total de indicativos disso nos episódios anteriores, esta reviravolta ficou um pouco gratuita e francamente, um tanto forçada. Devemos acreditar que a ausência de Ragnar nestes últimos episódios foi devido a este planejamento que corria nos bastidores? vikings_temporada_2_episodio_10_2 Por um lado, Floki foi redimido como personagem apesar da loucura ser sua marca registrada, este comportamento traiçoeiro repentino e suas indiretas que ele ia matar Bjorn ficaram muito largadas, faria sentido ele fazer esse teatro todo para se aproximar de Horik. vikings_temporada_2_episodio_10_1 O Rei Horik entrou como o novo vilão da série para substituir o Jarl Haraldson interpretado por Gabriel Byrne na segunda temporada. O objetivo deste personagem era apresentar um rival mais capaz de tramar e ser um desafio digno de Ragnar, porém, suas motivações nunca ficaram muito claras ao longo da temporada. Afinal, ele só quer derrotar Ragnar para ganhar fama? Por que matar ele, se ele é o único que consegue falar a língua de Wessex e conhece a rota de navegação? Seriam todos os vikings tão fúteis e obcecados por fama?

Apesar da reviravolta a la M. Night Shyamalan no final e a necessidade bizarra dos produtores de fazer Ragnar Lothbrok o fodão sempre que possível, a segunda temporada de Vikings foi marcada por uma fotografia impecável, cenas de batalha que não deixam a desejar e uma grande quantidade de personagens marcantes. Só este último episódio teve algumas das melhores cenas de batalha da temporada como Lagertha contra a rainha Gunnhild ou Ragnar executando o Rei Horik com uma fúria descontrolada. O episódio encerra com um cheiro do que está por vir na terceira temporada, que já está confirmada e será lançada ano que vem.

Até a próxima!

Comente via Facebook!

Editor-chefe da Freakpop. Adora cinema, mas odeia a palavra cinéfilo. Leu quadrinhos demais na vida e tem uma capacidade muito limitada de entender a realidade. Tudo que não explica com Máquina Mortífera, explica com Highlander. Sabe tudo sobre Soul Reaver e Crônicas de Gelo e Fogo. Seu signo é estegossauro.

Categorias
Críticas

Ver também