Viva – A Vida é uma Festa é a melhor animação da PIXAR de todos os tempos

VIVA – A Vida é uma Festa é uma animação marcante que fará muito marmanjo chorar Pixar resgata a emoção de assistir uma animação com VIVA – A Vida...
Dia dos Mortos VIVA A vida é uma Festa

VIVA – A Vida é uma Festa é uma animação marcante que fará muito marmanjo chorar

Pixar resgata a emoção de assistir uma animação com VIVA – A Vida é uma Festa, que estreia dia 4 de janeiro no Brasil e, certamente, será um sucesso. O longa conta a história de Miguel, um jovem mexicano que ama música. Sua tataravó fora abandonada com sua filha pelo marido que resolveu correr atrás do sonho de ser cantor. Como ele nunca mais retornou, todas as suas gerações cresceram com uma regra: música é algo proibido. O jovem, que não entende o por que dessa imposição ainda estar em vigor, resolve correr atrás do seu sonho de ser famoso. Mas antes disso, ele entra em uma aventura com seus ancestrais em pleno Dia dos Mortos, a maior festividade do país que celebra aqueles que já faleceram.

100 anos de história

O Dia dos Mortos está chegando e este é o momento onde ancestrais e encarnados se reúnem por meio de um tradicional ritual. Miguel ajuda sua avó a arrumar o altar com fotos dos ancestrais já falecidos. Enquanto isso, no outro lado da vida, os entes se preparam para passar o Dia dos Mortos na terra, em espírito. Ao se meter em uma confusão, Miguel passa “pro lado de lá” e reencontra seu sumido tataravó. Ele corre contra o tempo para consertar a mágoa de 100 anos, para que tenha a aprovação de sua família para ser músico. Ao descobrir mistérios não revelados por sua avó, ele consegue reunir a família de uma forma extremamente emocionante.

Uma reunião inesperada

Toda família tem um passado cheio de segredos. Com a família de Miguel, não é diferente. Um dos elementos mais belos de VIVA – A Vida é uma Festa é este passado turbulento. O longa se preocupa em apresentar a árvore genealógica dos Gonzales e, por meio de uma tradição mexicana, explora a morte de uma forma nunca vista na casa do Mickey Mouse. Aqui, embarcamos numa jornada onde é possível alcançar a redenção depois de falecimento e conhecemos todos os tipos de mortes: da natural ao assassinato, e a forma como Miguel lida com este passado, passa uma lição maravilhosa sobre o quanto as crianças são capazes de compreender até os mais delicados segredos de família.

O amor aos que já foram….

Outro elemento incrível no longa é a forma como a morte é retratada. Existe uma “vida” após o falecimento em terra que ganha espaço no longa. A cidade dos mortos, e como as figuras mais lembradas em terra vivem por lá, tem uma simbologia muito forte conectada ao que compreendemos sobre saudosismo. Aqueles entes mais amados ou idolatrados, vivem como reis. Aqueles entes já esquecidos, simplesmente somem da cidade dos mortos. Miguel tem uma missão com os dois perfis, dos mais lembrados aos mais esquecidos, e protagoniza uma mensagem sobre cultuar ensinamentos dos ancestrais que arranca lágrimas e remexe todo e qualquer sentimento não demostrados por quem ainda está vivo e por quem já faleceu.

VIVA – A Vida é uma Festa é emoção pura!

De forma teatral, com belas canções e um visual deslumbrante, o longa se consagra como um dos filmes mais humanos que a Pixar já fez. E olha que Divertida Mente nos trouxe uma história sobre crescer que marcou a todos, mas aqui o buraco é muito mais profundo. VIVA – A Vida é uma Festa tem uma história simples que usa da fantasia para afirmar que ninguém é sozinho no mundo, que a morte é só uma #passagem e que é possível aprender com aqueles que já se foram. Sim, é impossível não se emocionar.

Vale a pena? 

Permita-se fazer uma reflexão sobre quem é você, sobre sua família e aqueles que faleceram. Permitam as crianças reforçarem seus laços com a família. Permita-se chorar por talvez não ter a estrutura familiar desejada. O grande ponto é: VIVA – A Vida é uma Festa é um soco no estômago capaz de ter diversas interpretações. Para nós, é uma impactante mensagem sobre não dar valor a quem ainda não morreu.

Ah, lembrando que as crianças talvez ainda só entendam cores, formas e personagens. Aos adultos recomendamos muitos lencinhos.

Küsses,


INGRESSOS ESGOTADOS!

SESSÃO DE FÃS: (ingressos limitados)

  • Dia 17/01 (quarta-feira)
  • Cinemark Shopping Pátio Paulita
  • A sessão começa às 19h40 – 3D – Dublado
  • A retirada de ingressos será às 19h10 com a nossa equipe na frente da loja da Cinemark.
  • Não será permitido ganhar ingressos para terceiros
  • Não vamos liberar ingressos para acompanhantes
  • Verifique sua disponibilidade antes de participar! 😀

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Criticas

Ver também