Vizinhos

Um jovem casal com uma filha pequena precisam lidar com uma fraternidade que acaba de se mudar e só pensa em festa. E assim começa o duelo entre Seth...

Um jovem casal com uma filha pequena precisam lidar com uma fraternidade que acaba de se mudar e só pensa em festa. E assim começa o duelo entre Seth Rogen e Zec Afron no longa Vizinhos.

O que se espera quando nasce seu primeiro filho e você se muda para um bairro tranquilo e perfeito? Sossêgo! Era exatamente isso que Mac (Seth Rogen) e Kelly (Rose Byrne) queriam, até o dia em que um caminhão de mudanças descarrega, além da mobília, um grupo de amigos da faculdade que forma uma fraternidade barulhenta que só pensa em festas, sexo e muita diversão.

Uma turminha pronta para “altas confusões” VS um casal que só precisa de tranquilidade para criar a filha e reacender a relação marido e mulher. Mac e Kelly resolvem se aproximar do líder do grupo Teddy Senders (Zac Efron) que mantém o grupo focado em sempre promover a melhor festa estudantil na casa…praticamente todos os dias.

Após uma tentativa de criar uma amizade entre os vizinhos, o casal passa a tentar sabotar as festas da fraternidade que tem algumas cartas na manga para lidar com a polícia e a diretora da faculdade que tem o poder de encerrar o grupo caso eles não se comportem. Teddy é muito alienado da vida real e seu melhor amigo Pete (Dave Franco) também apoia a briga com os “coroas”. O que deveria ser uma amizade solidária entre os jovens e o casal resulta em um ringue de egos e duelos masculinos para mostrar quem tem a razão de optar por viver a vida como ela é. Da mesma forma que a fraternidade não tem “culpa” de querer curtir a juventude, o casal não tem culpa de serem pais e quererem levar uma vida pacata.

Mac e Kelly contam com a ajuda de seus melhores amigos Jimmy (Ike Barinholtz) e Paula (Carla Gallo) para criar a jogada final que tentará terminar com a fraternidade no bairro. Entre piadas geniais, o filme tem um ótimo ritmo, mesmo tendo um fim bem previsível. Seth Rogen está ótimo como o gordinho pai de família que sente falta da época de farra e Efron é o modelo real de um fútil estudante que só pensa em ter um corpo perfeito e registrar em seus 20 e poucos anos o que é viver sem responsabilidade. Em alguns momento você torce para o casal e em outros pela fraternidade e esta foi a genialidade do roteiro que torna o filme divertido e muito realista. Zac Efron consegue provar que esqueceu o mundo da Disney e tem uma ótima química com Seth Rogen.

O filme é dirigido por Nicholas Stoller (Cinco Anos de Noivado e O Pior Trabalho do Mundo) e o roteiro é assinado por Andrew J. Cohen (Produtor de O Virgem de 40 Anos) e Brendan O’Brien.

Se você, caro leitor, já estiver na casa dos 30 anos, casado, com ou sem filhos, prepare-se para assistir um filme que mexerá com a sua saudade da época de faculdade. E mulheres, preparem-se para um overdose de Zac Efron sem camisa.

Vale a pena assistir Vizinhos? Com certeza é um ótima opção para rir. Vale ressaltar a quantidade excessiva de piadas sujas que envolvem sexo, bebidas, drogas e vibradores. Esse filme é perturbador para mentes mais puritanas.

Até a próxima,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
Criticas

Ver também