Xuxa Meneghel deveria voltar para os baixinhos?

Xuxa Meneghel está de casa nova e a audiência fugindo da emissora… Depois de anos na Rede Globo, a rainha dos baixinhos, Xuxa Meneghel resolveu mudar de ares. A...

lady_freak_contra_ataca

Xuxa Meneghel está de casa nova e a audiência fugindo da emissora…

Depois de anos na Rede Globo, a rainha dos baixinhos, Xuxa Meneghel resolveu mudar de ares. A apresentadora estreou na semana passada na Rede Record com um novo programa de auditório. Com o formato já esperado de entrevistas, apresentações musicais, quadros de reportagens e de temáticas específicas, o ostentoso palco montado para Xuxa é inversamente proporcional à audiência que já caiu no segundo programa.

Xuxa Estreia

O primeiro programa exibido no dia 17 de agosto teve muita confusão e uma repercussão não tão positiva. Xuxa, conhecida por sua simpatia e carisma, ostentou o namorado, a filha, o palco, os patrocinadores e até uma fã que teve que assistir o programa de uma ambulância por não estar bem para tanta emoção. Se esperávamos profissionalismo da rainha dos baixinhos, o resulto foi meramente satisfatório e deixou um gostinho amargo de “é isso?”. Pode ser que a equipe de produção tenha piorado a impressão do primeiro programa com diversos erros de transmissão de VT, posicionamento de câmera ou atrasos de troca de ângulos, o que deixou Xuxa visivelmente desconfortável enquanto ainda tinha que se policiar com menções à Deus exigidos pela Record.

Xuxa Interage

Para piorar, o primeiro grupo de entrevistados eram atores da novela da Record, Os Dez Mandamentos, que além de serem desconhecidos do “meio Globo”, não estavam orientados quanto à suas responsabilidades no programa, o que não contribuiu em nada com o aspecto que mais esperávamos: naturalidade. No segundo programa, não foi diferente. A caipira caricata Sabrina Sato esteve presente com suas gordas coxas e foi pega de surpresa inúmeras vezes pela apresentadora, principalmente na hora de falar de sexo. Oi? Achávamos que o canal zelava pela intimidade das pessoas, mas o que recebemos foram perguntas aleatórias sobre sexo em público e no primeiro encontro. Nunca vimos Sabrina Sato tão envergonhada.

O que salvou o primeiro programa foi a presença de Zezé di Camargo e Luciano, que aliás, não só aproveitaram para apresentar músicas inéditas, como Zezé ainda deu um beijão em sua namorada que estava na plateia. Porque? Xuxa parece estar sem controle ou sem direcionamento sobre o que fazer entre os quadros. Perdida em suas falas, gaguejando afirmações e tentando reconquistar o carisma de gerações de fãs, a rainha de fato, não deixa de ser uma versão ruim de Ellen DeGeneres. A americana inclusive foi motivo de chacota e gozação de Xuxa como se ela estivesse sendo copiada pela apresentadora dos EUA. Péssima escolha, entre tantas aqui faladas.

A queda de audiência aparentemente não é uma preocupação da emissora. A Record afirmou estar mais preocupada em dar qualidade ao programa e garantir bons patrocinadores. Cuma? Será então que Xuxa foi a melhor escolha para o projeto da emissora? Ou ainda, será que Xuxa deveria ter voltado para a TV em uma rede tradicional?

A grande verdade é que, lendo críticas gerais sobre o programa, Xuxa não tem agradado o público adulto e está longe de estar cheia de graça. Ah, alguém avisa que 70 mil menções com a #Xuxanarecord não é um recorde mundial? Mas que cagada hein pessoal de mídias sociais?

Küsses,

Comente via Facebook!
Tatá Snow

“Crítica” de cinema – prefiro ‘analista de entretenimento’, fanática por comédias românticas e viciada em Sex and The City. Ah…#TeamCap

Categorias
OpiniãoSéries

Ver também